This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

O novo perfil dos médicos: você está preparado?

By 25 de julho de 2016 Voz da Marca

Os médicos recém-formados têm um perfil diferenciado. Nascidos na era digital, eles usam a internet como algo natural do dia a dia. As formas de comunicação são mais rápidas, a busca por informações é cada vez maior e é preciso estar preparado para esse novo profissional, que não assimila as questões hierárquicas.

Como a geração Y funciona

Alguns historiadores afirmam que faz parte da “geração internet” ou “Y” os nascidos entre as décadas de 80 e 90. São pós-guerra fria, estão acostumadas a consumir bastante, estimulados muitas vezes, por pais e avós que passaram privações durante a guerra e a infância.

Acostumados com o domínio do uso da tecnologia, conversam com pessoas do mundo inteiro e chegam ao ponto-de-venda decididos e informados. Além disso, são ambiciosos e querem ganhar salários altos de forma rápida.

É claro que essas características influenciam sobremaneira a produtividade. A geração de médicos deseja caminhos fáceis, sistemas intuitivos e menos burocracia. Para eles, é natural viver dessa forma e exigem dos empregadores a atualização no sentido tecnológico.

Uma outra particularidade do grupo é que os médicos recém-formados acessam o alto escalão para ensinar aos mais velhos o uso das tecnologias. Isso os coloca na posição de serem observados pelos líderes, o que os estimula a acreditar em seu talento para garantir sucesso profissional.

O que pode ser oferecido a esse público.

Nos Estados Unidos é comum a implementação de serviço de nuvem para equipes de clínicas e hospitais. A solução, inclusive, chegou esse ano ao Brasil. Nela, os funcionários podem trabalhar com seus próprios aparelhos (BYOD), o que é uma tendência, exigindo assim, que a política de TI passe por transformações.

Lá fora, os médicos podem conversar com outros profissionais do mundo todo, podem monitorar pacientes à distância, regular as dosagens de remédios  – prática permitida nos EUA –  acessar todo o histórico do paciente por meio digital e preencher as documentações do hospital onde estiver.

Como a geração Y prefere trabalhar em diversos locais e com horários flexíveis, a implementação da nuvem colabora com os desejos dos profissionais. No trânsito, no trabalho ou em casa, a equipe médica terá acesso a tudo o que for necessário para produzir.

A melhor parte é que todas as informações são perfeitamente seguras. É possível preservar a privacidade do paciente, exigida no código de ética do Brasil, de maneira integral. Bem como, é possível oferecer o que há de mais moderno para uma equipe de médicos que chega ao mercado cheia de novas ideias e exigências.

Citrix

About Citrix

Leave a Reply