This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Conheça os 12 benefícios do Sistema de Gestão Hospitalar

By 19 de agosto de 2016 Voz da Marca

Cerca de 30% dos hospitais privados e 18% dos públicos possuem um departamento de tecnologia da informação para auxiliar as operações das demais áreas, segundo a pesquisa TIC Saúde de 2014. De maneira geral, 54% das instituições têm em fornecedores externos o principal responsável pelo suporte à informática.

Com o desenvolvimento de novas tecnologias na Saúde – de prontuários eletrônicos ao mais recente conceito de wearable devices, a gestão integrada de informações do paciente e de  procedimentos fica ainda mais complexa e demanda, além de profissionais capacitados e um departamento estruturado, a adoção de um software de gestão que apoie as operações.

São 12 os principais benefícios trazidos pelo uso do Sistema de Gestão Hospitalar na gestão:

  • Redução de Custos – ao melhorar a gestão do estoque e organizar o fluxo de caixa
  • Aumento de Produtividade – ao organizar fluxos de trabalho, evitando redundâncias e eliminando burocracias, e permitir a tomada rápida de decisão com informações integradas e em tempo real
  • Potencializar faturamento – ao permitir estimativas fiéis dos custos da assistência, evitar glosas e agilizar o fechamento de contas
  • Gestão integrada – ao concentrar informações hospitalares/ assistenciais, financeiras, administrativas e de Recursos Humanos
  • Integração da rede em operações verticalizadas – ao abrigar, em um único sistema, informações da operadora de planos de saúde e de todas as unidades de sua rede própria
  • Gestão clínica – ao consolidar protocolos e promover a inteligência clínica, com medicina baseada em evidência, que apoiará a definição da conduta médica a ser seguida
  • Tecnologia – ao possibilitar o armazenamento de informações e sistemas em cloud computing e permitir o acesso de dados em qualquer horário e local, via web ou aplicativos móveis
  • Informação para tomada de decisão – ao coletar, rastrear e armazenar dados de todas as áreas do hospital e gerar indicadores de gestão
  • Apoio à certificação ONA– ao aumentar a segurança do paciente com o Prontuário Eletrônico e consolidar processos e protocolos
  • Rastreabilidade – ao garantir um rígido controle de estoque e de fluxos de materiais, medicamentos e equipamentos da instituição
  • Humanização e fidelização do paciente – ao armazenar e permitir o gerenciamento de dados individualizados dos clientes e definir processos claros de atendimento, que aumentam a satisfação dos usuários
  • Prevenção – ao identificar e permitir a gestão de casos de risco e acompanhar os processos de agudização, alta e retorno dos pacientes

Obviamente, a adoção de um Sistema de Gestão Hospitalar  vem junto de um novo olhar sobre o papel da TI dentro do hospital, que deve ser vista como um braço estratégico, mais participativo no processo de tomada de decisões na organização.

Benner

About Benner

Leave a Reply