This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Como aproveitar o digital para prestar um serviço melhor?

By 7 de julho de 2016 Voz da Marca

O vício pela conectividade tornou-se algo crônico. Basta andar pelas ruas para observar que as pessoas não se olham mais, estão todas distraídas com as telas de seus aparelhos. Sem contar que redes sociais como o Facebook investem um grande valor para tornar os cadastrados cada vez mais fiéis, para ampliar suas bases e seus serviços.

Como a mobilidade interfere nos hábitos de consumo

Hoje, 54% da população brasileira está conectada. E esse universo abriga mais de 100 milhões de pessoas que buscam na internet, principalmente por celulares, informações e entretenimento.

É possível, por exemplo, pesquisar avaliações de hospitais, clínicas e laboratórios antes de agendar internações, consultas e  exames. Vivemos na era da qualidade do atendimento. Vivemos em um momento onde as pessoas conseguem, através da mobilidade, respostas mais rápidas e isentas da visão da empresa, afinal os consumidores conversam entre si.

No marketing , definido por Philip Kotler – a maior referência mundial no assunto, é possível compreender que, nesse momento, o mercado transita pela versão “3.0”. Para entender melhor as definições o autor as separa em 3 fases. A primeira versão era voltada simplesmente para a venda de produtos e serviços. Ela aconteceu na época da revolução industrial. O 2.0 resulta da entrada da tecnologia da informação na vida das pessoas e isso fez com que as empresas trabalhassem para reter seus clientes. Já a versão 3.0, a qual vivemos atualmente, é voltada para a visão, missão e valores da empresa. Ou seja, para escolher uma marca o consumidor avalia diversos aspectos, inclusive a filosofia de prestação de serviço ou da produção de um bem de consumo.

A mobilidade aplicada à área da saúde

A tecnologia tem acostumado usuários a acessos fáceis e simples. Uma prova disso é a navegação de aparelhos da Apple, que priorizam a intuição e hoje são os produtos mais desejados em diversos países. Portanto, todo serviço feito para descomplicar a vida dos clientes é bem-vindo. Marcação de agendamento on-line é um exemplo de facilidade, se nele constar a opção confirmar ou cancelar a consulta com alertas programados, parte do volume do call center diminui.  Exames disponíveis através de solução em nuvem para médicos, sem que o paciente precise se deslocar com os documentos é uma facilidade interessante. Perceber que todo o histórico de exames está no sistema, empresta para a marca o valor de ser organizada. A diminuição dos preenchimentos de dados burocráticos, que já constam no banco de dados,  também é bem aceito por pacientes que sentem pressa a todo instante.

Portanto, invista em soluções utilizadas pelas mais importantes clínicas e hospitais norte americanos. Eles deram um importante passo no perfil tecnológico, ofertando para médicos e pacientes mobilidade com 100% de segurança.

Citrix

About Citrix

Leave a Reply