This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Vila Nova Star realiza implante de prótese cardiovascular

By 30 de setembro de 2019 Você Informa

Técnica minimamente invasiva melhora a circulação sanguínea no coração e reduz riscos de complicações como AVC e infecções em pacientes de alto risco

O Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or São Luiz, localizado em São Paulo (SP), com apenas quatro meses de atividades acaba de realizar um implante de válvula mitral percutâneo por via transeptal, técnica inovadora que substitui a válvula defeituosa do coração por uma prótese que auxilia na circulação sanguínea. Aprovado apenas em agosto deste ano pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o procedimento foi o primeiro realizado na América Latina sob a aprovação de seus respectivos órgãos regulatórios.

Considerada uma das intervenções mais complexas na área da cardiologia, o implante percutâneo de válvula mitral é um procedimento terapêutico que corrige o fluxo regulatório do sangue nessa válvula coração sem a necessidade de cirurgia, ou seja, é realizado através de um pequeno furo na região da virilha, sem cortes na pele do paciente.

“Essa técnica minimamente invasiva se tornou fundamental para o tratamento de pacientes que até pouco tempo não tinham possibilidade terapêutica devido ao alto risco para uma cirurgia convencional com tórax aberto e circulação extracorpórea. Desta forma, o implante minimiza as potenciais complicações como AVC, sangramentos e infecções, já na fase imediata”, explica o Dr. Vinicius Esteves, coordenador da cardiologia intervencionista do Hospital Vila Nova Star.

Ainda segundo o especialista, ao utilizar essa técnica inovadora, além da redução de risco e de uma recuperação pós cirúrgica bem mais rápida, espera-se que a longo prazo os benefícios sejam os mesmos obtidos com um procedimento cirúrgico, ou seja, melhora da sobrevida e da qualidade de vida dos pacientes, reduzindo os sintomas clássicos da insuficiência mitral.

O Dr. André Feldman, coordenador da cardiologia do Hospital Vila Nova Star e Dra. Olga F Souza diretora nacional da cardiologia reiteram que os hospitais da Rede D’ or já estão estruturados para oferecer os mais novos tratamentos nos diversos graus de complexidade das doenças cardíacas.

O que é insuficiência mitral?

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 2018 apontou que as doenças cardiovasculares são responsáveis por 30% do total de mortes no País. Entre os problemas mais comuns está a insuficiência mitral, responsável por afetar uma em cada 10 pessoas com 75 anos ou mais. A doença pode ser de risco à vida, na qual uma válvula mitral, estrutura do coração que separa o ventrículo e o átrio esquerdo, causa um fluxo contrário de sangue no coração.

Essa condição pode demorar anos para aparecer, uma vez que se desenvolve de forma progressiva. Os sintomas mais indicativos são falta de ar, cansaço, tosse, palpitações e inchaços nos pés e tornozelos. Os tratamentos para a insuficiência mitral pode variar de acordo o grau da doença. Em casos mais graves, é recomendada a realização de cirurgia cardíaca para correção ou substituição da válvula mitral, como é o caso do implante.

Releases

About Release enviado por Rede D'Or São Luiz

Sobre o Hospital Vila Nova Star O Vila Nova Star é o primeiro hospital premium da Rede D’Or São Luiz na cidade de São Paulo. Localizado no bairro Itaim, a unidade oferece o que há de melhor nas áreas clínicas, cardiologia e cirurgia. Atualmente com 90 leitos, o hospital terá sua capacidade expandida para 220 leitos em 2021, quando será inaugurado um segundo prédio. Com conceito e estrutura totalmente voltados à inovação, o Vila Nova Star conta com uma sala híbrida para realizar procedimentos cardiológicos de alta complexidade, além de ser o primeiro hospital do Brasil a ter o CyberKnife, equipamento de radiocirurgia com braço robótico, capaz de direcionar alta concentração de radiação em pequenos pontos, proporcionando ao paciente um tratamento com maior precisão e menos efeitos colaterais. A unidade oferece um atendimento personalizado e tem arquitetura, gastronomia e serviços de última geração pensados para auxiliar na melhor e mais rápida recuperação dos seus pacientes. Conta ainda com serviço exclusivo de concierge, além de quartos automatizados pelo sistema Smart Hospitality, criado exclusivamente para a Rede D’Or São Luiz. Sobre a Rede D'Or São Luiz Fundada em 1977, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede de hospitais privados do Brasil com presença no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Sergipe e Bahia. O Grupo opera com 46 hospitais, sendo 45 próprios e um hospital sob gestão. A Rede possui 7,4 mil leitos totais, e tem planos de chegar a 11 mil leitos até 2022. São, ao todo, 51,1 mil colaboradores e 87 mil médicos credenciados, que realizam cerca de 3,95 milhões de atendimentos de emergência, 267 mil cirurgias, 33 mil partos e 458 mil internações no último ano, além de 5 mil cirurgias robóticas em quatro anos do início deste novo serviço. A Rede D’Or São Luiz também conta com a Cardiologia D’Or, Oncologia D’Or e Onco Star, rede de clínicas especializadas em tratamento oncológico e cardiológico em oito estados brasileiros.

Leave a Reply