This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Nova startup de telemedicina chega ao mercado

By 11 de novembro de 2020 Mercado, Você Informa

Acaba de chegar ao mercado a Starbem, startup de telemedicina, com o objetivo de proporcionar atendimento médico a um custo reduzido para todo o país. Entre seus públicos-alvo está, principalmente, a população que não possui um plano de saúde e não tem acesso a médicos fora do Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, a health tech criou planos, que contemplam consultas por videochamada, renovação de receita médica, além de descontos em exames e medicamentos. Por meio do aplicativo, disponível para os sistemas Android e IOS, os pacientes têm à disposição especialidades como clínica geral, pediatria e ginecologia, sendo que, a partir de janeiro, poderão contar com psicólogos e nutricionistas.

Para o cofundador e CEO da Starbem, o médico Leandro Rubio, a startup chega para diminuir o abismo na saúde existente no país. “Nossa missão é democratizar o atendimento médico de qualidade em todo o território nacional, já que a telemedicina nos permite oferecer isso. Queremos facilitar para quem não consegue arcar com os custos de um plano de saúde privado e que, muitas vezes, precisa aguardar o atendimento público por meses, em filas enormes de espera, a fim de conseguir uma consulta no SUS”, conta.

“Quando eu e o Cristiano Kanashiro criamos a Missão Covid, nossa primeira health tech, não imaginamos que ela se transformaria na maior plataforma de telemedicina no combate à Covid-19 do país, chegando a mais de 80 mil atendimentos gratuitos no Brasil e em outros países. Foi notória e essencial a força que a telemedicina ganhou por conta da pandemia. Isso nos impulsionou a desenvolver a Starbem, pois assim conseguiremos acompanhar os pacientes durante o ano todo, já que o prontuário fica disponível na plataforma com todo o histórico, prescrições e exames emitidos”, reforça Rubio.

Cenário

Hoje, os gastos no setor de saúde representam 10% do Produto Interno Bruto (PIB) do mundo, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). No Brasil, os últimos dados publicados pela Agência IBGE Notícias, essas despesas representaram 9,2% do PIB do país, chegando a R$ 608,3 bilhões em 2017.

No entanto, apesar de todos os gastos, o sistema de saúde do Brasil ainda possui inúmeras dificuldades, principalmente na esfera pública, o que ficou ainda mais evidente durante a pandemia da Covid-19. Por isso, as classes mais baixas acabam sendo diretamente atingidas, já que entre os brasileiros que frequentaram apenas o ensino fundamental, 42% têm uma ou mais doenças crônicas associadas aos casos mais graves da COVID-19, enquanto na média da população essa taxa cai para 33%, de acordo com estudo publicado pelas economistas Luiza Nassif Pires, do Bard College (EUA) e Laura Carvalho, da USP, e pela médica e pesquisadora Laura de Lima Xavier, da Universidade de Harvard (EUA), com base na Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE de 2013.

A Starbem tem um papel importante para mudar esse cenário, e a missão da health tech está totalmente alinhada com os objetivos de desenvolvimento sustentável para a saúde e bem-estar no Brasil, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU): atingir a cobertura universal de saúde, incluindo a proteção do risco financeiro, o acesso a serviços de saúde essenciais de qualidade e o acesso a medicamentos e vacinas essenciais seguros, eficazes, de qualidade e a preços acessíveis para todos; até 2030, reduzir em um terço a mortalidade prematura por doenças não transmissíveis via prevenção e tratamento, e promover a saúde mental e o bem-estar.

Releases

About Release enviado por Anunciattho Comunicação

Desde 2013, a Anunciattho transforma a Comunicação em uma importante aliada aos negócios e estratégias de seus clientes, por meio da inovação que gera resultado. Com uma metodologia própria de comunicação corporativa, conta com ferramentas atuais, estratégias assertivas e conteúdos relevantes para a gestão da imagem de seu público atendido diante da imprensa nacional, mídias sociais e público interno.