This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

M2G estimula debate de ideias entre as principais empresas de saúde no Brasil

By 6 de junho de 2016 Você Informa

Dezenas de profissionais e companhias do setor de saúde do Brasil se reuniram em um workshop exclusivo organizado pela M2G com o objetivo de esclarecer temas importantes relacionados à nova NIP: RN 395. Além de demonstrar para todos os convidados soluções tecnológicas da nova CRM da M2G, o evento também propiciou o esclarecimento de dúvidas com um maior entendimento sobre as expectativas da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) para o segmento.

Durante a ocasião, além da palestra de Frederico Cortez, gerente de fiscalização da ANS, o destaque ficou para painel mediado Sonia Monken – consultora e pesquisadora em gestão em saúde, que contou com a participação dos peritos Madalena Orsida, representando a Greenline, Filipe Rodrigues, da Life Empresarial Saúde, Clayton Martins Monteiro, da Metlife, e por fim Luiz Celso Dias Lopes, da Intermédica, no qual apresentaram oportunidades e novas ideias, detalhando os principais desafios que as companhias de saúde do Brasil terão com a vigência desta normativa.

Por fim Fernanda Klava, Diretora Comercial da M2G, demonstrou as soluções de atendimento criadas pela companhia, que recentemente lançou um novo CRM totalmente adaptado as novas regras estipuladas pela ANS. “Vemos esta mudança como uma grande oportunidade de expandirmos nossa rede de clientes”, comenta Daniel Lindenberg, Sócio Fundador da M2G. “Somos líderes em operações de atendimento neste segmento e nos empenhamos em desenvolver nossa plataforma de CRM para facilitar a gestão de solicitações de prestadores e beneficiários, controlar faróis de prazos ANS de forma visualmente simples e fornecer painéis de acompanhamento na medida certa para cada supervisor ter as informações necessárias em tempo real”, conclui

As companhias que não cumprirem as normativas impostas pela ANS poderão ser multadas em até R$100 mil, além de serem proibidas de comercializarem novos planos, recebendo, em alguns casos extremos, uma intervenção administrativa.

Para maiores informações sobre o conteúdo do evento, entre em contato pelo e-mail contato@m2g.com.br.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply