This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Higiene Consciencial na Cardiologia Comportamental

By 13 de julho de 2016 Você Informa

Uma a cada três mortes registradas no mundo é atribuída às doenças cardíacas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os problemas do coração são a principal causa de morte no planeta, porém a grande maioria dessas mortes poderia ser evitada se os pacientes conseguissem seguir as recomendações médicas, que vão além da prática de exercícios, melhoria na alimentação e parar de fumar, exigindo uma mudança de comportamento e também de percepção do mundo contemporâneo.

Segundo o estudo Interheart, realizado em 52 países com 24 mil pessoas, males psicossociais da sociedade moderna como ansiedade, stress e depressão já são confirmadamente fatores de risco para o infarto, uma consequência de uma vida desregrada, tumultuada e acelerada que vivemos hoje em dia. Para o cardiologista e pesquisador de Conscienciologia, Eduardo Martins, parar é a melhor recomendação para começar essa mudança comportamental que, apesar de simples, pode evitar muitos problemas no futuro. “Hoje em dia as pessoas se vangloriam sobre não ter tempo para nada como se isso fosse uma coisa boa, mas não é. Refletir e fazer as coisas com calma é imprescindível para uma vida equilibrada. O ócio pode ser criativo, porque quando você dá um tempo para sua mente, encontra ideias e respostas”, comenta.

Eduardo Martins é autor do livro “Higiene Consciencial – Reconquistando a Homeostase no Microuniverso Consciencial” da Editares, que será lançado em julho, onde aborda a capacidade de as pessoas higienizarem as próprias ideias, emoções e energias em busca do bem-estar maior, base para a pessoa poder se enfrentar e evoluir de fato.

Pesquisador e entusiasta da cardiologia comportamental, o médico conclui que a Higiene Consciencial é um importante meio de despoluição da consciência, não somente dos efeitos presentes da urbanização, mas também, das consequências de erros cometidos no passado milenar: as memórias doentes, a genética de outras vidas (paragenética). É a partir da Higiene Consciencial que a consciência pode reencontrar a harmonia e o equilíbrio real do próprio microcosmos.

“Dentro da cardiologia, eu trabalho o trinômio compreensão – esforço – repetição, que é um dos preceitos da higiene consciencial e também a chave para diminuir esses problemas que causam doenças cardíacas. A pessoa compreende que ela é ansiosa, por exemplo, aplica novos hábitos em sua vida que podem ajudar com o problema e se esforça para encarar os desafios, mesmo que erros e dificuldades apareçam em algum momento, e repitam este novo comportamento até que passe a fazer parte de sua rotina. A saúde, seja física ou mental, é a repetição dos comportamentos saudáveis, até virar um hábito”, explica.

Para o especialista, as pessoas que aplicam as técnicas de higiene consciencial ficam mais calmas e mais conectadas à realidade, além de praticarem a autoconectividade, que é o ato de se conectar consigo mesma. Dessa maneira, a pessoa fica mais harmônica, consegue ter ideias que geram emoções e energia para executar seus projetos sem ansiedade e stress.

“Os benefícios da Higiene Consciencial vão além de reduzir os riscos de enfarte. Aplicando as técnicas de higienização da consciência, a pessoa passa a viver de maneira mais plena, verdadeira e profunda. Os propósitos passam a ser outros, não simplesmente ganhar dinheiro e acabar o mês com o saldo positivo na conta, por exemplo, mas sim de compartilhar experiências e ajudar pessoas, tornando-se menos egoísta e mais assistencial”, explica o especialista.

Higiene Consciencial
Higiene Consciencial é um conceito amplo que parte do princípio de que as pessoas não são um único corpo e sim uma consciência milenar, complexa, que renasce e descarta o corpo físico a cada vida, tendo um “portfólio” de existências passadas. Segundo o especialista, todos nós utilizamos quatro corpos bem definidos, sendo eles o mentalsoma – das ideias e do discernimento, o psicossoma – das emoções, o holochacra – das energias, e o corpo físico, e as marcas deixadas pelo passado milenar e pelas interferências dos múltiplos veículos exigem uma abordagem de higiene muito mais profunda do que a mental, que diz respeito a alegria momentânea gerada por alguma conquista material ou entretenimento fugaz.
Fundamentado na Inteligência Evolutiva – IE, segundo a qual a evolução da consciência de fato somente ocorre a partir da interassistência (o fato da pessoa evoluir a partir da ajuda real e verdadeira aos outros), a Higiene Consciencial é um pré-requisito evolutivo. “A Higiene Consciencial é um bem-estar real, verdadeiro e profundo, que não é hedonista e traz um interesse genuíno de ajudar as pessoas. Nesse estado de bem-estar real surge interesse também por projetos e por estar atuante. É o que chamamos de ortopensene, que é ter pensamentos, emoções e energias equilibradas e harmônicas”, explica o autor.

Sobre Prof. Eduardo Martins
Eduardo Martins Balthazar é médico cardiologista, consciencioterapeuta, voluntário da Conscienciologia e pesquisador da consciência desde 1994. Formado em medicina pela UNI-RIO e Cardiologia pelo Prontocor (MG), é ergometrista titulado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Participou do programa Internacional Scholarship da Cleveland Clinic, em Ohio, EUA. Atualmente é médico do corpo clínico do hospital Ministro Costa Cavalcante e associado ao corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply