This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Grupo Alliar apresenta lucro de R$ 3.3 milhões em setembro

By 16 de novembro de 2020 Mercado, Você Informa

O Grupo Alliar, terceira maior rede de laboratórios do país, voltou a registrar bons resultados no mês de setembro. Após forte impacto da pandemia no setor de saúde, a empresa conquistou um lucro líquido de R$ 3.3 milhões no período. De acordo com o presidente do Grupo Alliar, Sami Foguel, o mês de outubro também foi de aumento de receita, o que reforça a retomada do crescimento, impulsionado pelos segmentos de análises clínicas, canais remotos e pela healthtech iDr.

“Queremos reforçar a importância do terceiro trimestre de 2020, que foi marcado pela volta ao crescimento e lucratividade a partir do mês de setembro. Tivemos recordes na iDr, em análises clínicas, no segmento particular, além da forte normalização dos exames de imagem e da crescente digitalização da companhia. Outubro foi mais um mês consecutivo de aumento de receita, o que demonstra consistência de execução em nossos projetos de crescimento e eficiência”, comemora.

Segundo Foguel, o setor de análises clínicas reportou recorde de receita no terceiro trimestre de 2020, no valor de R$ 56.7 milhões, o que representa um crescimento de 44.2% em comparação ao ano anterior. O executivo destaca a representatividade deste negócio, que teve participação de 20% na receita versus a média história de 13%.

Os canais remotos, ou seja, iniciativas como atendimento domiciliar e exames feitos no sistema drive-thru, foram responsáveis por 7.5% da receita consolidada da Alliar no terceiro trimestre. Foguel aponta que mais de 340 mil exames foram realizados através desses canais, um crescimento de 40% em relação ao segundo trimestre de 2020.

“É importante lembrar que os canais de atendimento remoto são iniciativas novas e que, em um curto período de tempo, atingiram um patamar expressivo do faturamento, o que comprova nossa capacidade de agir rapidamente frente às mudanças do mercado e de atender clientes em domicílio de forma consistente e em escala. Por mais um trimestre, os novos canais superam o faturamento da maior unidade de atendimento presencial de toda rede Alliar”, explica.

A healthtech Inteligência Diagnóstica Remota (iDr), vertical B2B do Grupo, também foi destaque no trimestre e atingiu recorde histórico de faturamento, com uma evolução de 50% em relação ao mesmo período do ano anterior e um aumento de 30% em comparação ao segundo trimestre de 2020. O presidente da companhia afirma que a iDr já é responsável por 1% da receita da Alliar e possui taxas importantes de crescimento já contratadas para os próximos trimestres.

“Assim, iDr já se consolida como uma das maiores healthtechs do Brasil, tanto em receita quanto em taxa de crescimento. Já estamos presentes em mais de 20 municípios em 10 estados, provendo soluções tecnológicas para clínicas e hospitais parceiros. Apesar do crescimento robusto, nosso entendimento é que isso é apenas o início de um projeto muito maior”, completa.

Releases

About Release enviado por Grupo Alliar Medicina Diagnóstica

Sobre a Alliar A Alliar Médicos à Frente foi fundada em 2011 com a fusão de quatro empresas líderes do setor de diagnóstico médico por imagem nas cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Campo Grande e São José dos Campos. Atualmente, a empresa é uma das maiores do país com presença em 10 estados brasileiros, somando mais de 6 mil colaboradores e 1200 médicos parceiros. Com a missão de garantir elevados padrões de qualidade em todos os laboratórios, suas operações são certificadas por instâncias externas, com as principais unidades possuindo acreditações como ONA e ISO9000; e internas, como o SIGA – Sistema Integrado de Gestão Alliar, que reúne 80 requisitos em diversas categorias para estabelecer um padrão de referência para mensuração periódica das práticas e indicadores em cada unidade.