This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

HOSPITALAR 2019 Já emitiu sua credencial gratuita? Clique aqui

Conheça as etapas da jornada do paciente no Home Care

By 26 de fevereiro de 2019 Você Informa

Esse processo engloba a avaliação da residência perante os critérios do Plano de Atendimento Domiciliar (PAD), garantindo toda a infraestrutura necessária para a continuação do tratamento no conforto do lar

Quando o paciente é indicado a continuar o tratamento hospitalar em casa é um alívio, no entanto essa transição pode parecer complexa para os familiares. No momento em que a alta é oficializada pelo médico assistente inicia-se a jornada do paciente, ou seja, o processo de migração do hospital para a residência. Ela consiste em uma série de procedimentos que analisam e averiguam se a casa do paciente está apta para recebê-lo e possibilita a continuidade do tratamento. Estas etapas seguem o Plano de Atendimento Domiciliar (PAD) que garante a continuidade do cuidado.

A ProCare Saúde é uma prestadora de serviços destinada a Atenção Domiciliar à Saúde que atua em São Paulo, nas áreas metropolitanas, interior e baixada santista, além do Rio de Janeiro. Para obter sucesso em todo o processo de migração, além de seguir o PAD, a empresa trabalha com uma jornada específica que supri todas as necessidades do paciente conforme a indicação médica e validação do Plano de Saúde. Todo o trajeto é acompanhado por uma equipe especializada da ProCare e consiste nos seguintes estágios:

Comunicado de alta: é quando o paciente está liberado pelo hospital, através do seu médico assistente. Ele recebe a indicação para dar continuidade ao tratamento e seguir com os cuidados em domicílio.

Alinhamento do PAD e Visita Hospitalar: o Programa de Atendimento de Atenção Domiciliar (PAD) estipula critérios para que o paciente seja transferido para casa, com segurança e assistência planejada de acordo com a sua necessidade e as condições estabelecidas pelo seu plano de saúde. A ProCare se desloca até o hospital que o paciente se encontra e averigua todos os critérios e as condições para transferência ao domicilio.

Alta hospitalar: com a casa do paciente equipada e preparada para essa transição, o hospital oficializa a alta e a ProCare organiza o momento da Implantação deste paciente no domicílio.

Deslocamento: neste momento a Bem Emergências Médicas, empresa parceira do mesmo grupo da ProCare, é acionada para fazer a remoção e o transporte do paciente para casa.

Equipe ProCare: os profissionais de saúde se direcionam para a casa do paciente antes da sua chegada para recepcioná-lo. Começa então a assistência domiciliar.

Frequência de profissionais: a Procare acompanha bem de perto os profissionais que atuam na casa, para garantir uma assistência segura e adequada para cada paciente, além de cumprirem a frequência de atendimento estabelecido no PAD, diante das necessidades e condições clínicas.

Suporte remoto: a ProCare conta com uma central de urgências e emergências 24 horas por dia, para garantir todo o suporte necessário, seja para rotinas do dia a dia e até mesmo para as intercorrências.

Evolução clínica: o quadro do paciente é acompanhado de perto para que ele se recupere, e se possível, evolua para alta. Em outros casos, avaliasse as possibilidades para que seja realizado o desmame, sempre de acordo com as condições e quadro clínico.

Ao finalizar todo este processo a internação domiciliar da ProCare Saúde cumpre o seu papel, proporcionando uma assistência personalizada e segura.

Releases

About Release enviado por ProCare Saúde

Mais completa prestadora de serviços de Atenção Domiciliar à Saúde, com atuação em São Paulo, nas áreas metropolitanas, interior e baixada santista, além do Rio de Janeiro. Com soluções inovadoras e uma estrutura dedicada ao atendimento próprio no Home Care, assegura aos seus clientes um tratamento personalizado, o que contribui para a redução dos custos assistenciais e para melhoria da qualidade de vida do paciente e de seus familiares.

Leave a Reply