This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

ABRAIDI apresenta ações realizadas em reunião da Coalizão Interamericana de Ética

By 25 de setembro de 2018 Você Informa

Durante a 4ª reunião da Coalizão Interamericana de Ética no setor de dispositivos médicos, no final de semana passado (22 e 23 de setembro) na Filadélfia, nos Estados Unidos, as entidades participantes apresentaram os progressos feitos desde a última reunião do grupo, em abril, em São Paulo. Cada integrante pôde apresentar o trabalho que tem realizado em relação ao compliance junto aos seus associados ou setor de saúde local.
A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para a Saúde – ABRAIDI apresentou um resumo das principais realizações em compliance a partir do ano passado. “Mostramos os dados sobre a eleição da Comissão de Ética e Processamento e a redação do seu regimento interno e reuniões de trabalho e os resultados parciais do programa ABRAIDI Compliance em Ação”, lembrou o diretor executivo Bruno Bezerra. Ele destacou que em duas edições (agosto e setembro) do Módulo 1 (curso básico) houve a presença de 87 participantes, sendo 64 empresas de 13 estados diferentes, e no Módulo 2 (curso de compliance officer), iniciado em agosto, são 14 participantes, cada um de uma empresa diferente, de 4 estados do país.
Bruno Bezerra estava acompanhado do presidente da ABRAIDI, Sérgio Rocha. Os dois ainda ressaltaram que a Associação deverá atualizar seu Código de Ética até março de 2019, para acompanhar a evolução das discussões em compliance e para prever também as regras de funcionamento da Comissão de Ética e Processamento. “Demos ênfase ao estudo ‘O ciclo de fornecimento de produtos para a saúde no Brasil’, que apresenta as distorções enfrentadas pelo nosso setor no Brasil e a relação disso com as regras de compliance”, afirmou Sérgio Rocha.
A 4ª reunião da Coalizão Interamericana de Ética no setor de dispositivos médicos tem a participação, além da ABRAIDI, da ADIMECH, do Chile, AMID do México, Advamed dos EUA, CADIEM da Argentina, ANDI da Colômbia e ABIMED, ABIIS, CBDL e Instituto Ética Saúde do Brasil. As principais ações apresentadas, pela maioria das entidades, foram em relação à atualização ou adequação dos seus códigos de ética e conduta e no treinamento ou capacitação/conscientização dos associados sobre compliance e as regras previstas nos seus códigos. A ABIMED mencionou a questão da proibição do patrocínio direto para médicos, que passou a ser previsto no Código da Associação, a partir deste ano, enquanto o Ética Saúde apresentou iniciativas realizadas.
Durante o encontro também foram tratados outros temas como o conteúdo do website da Coalizão e as indicações de nomes para compor o assento vago na Comissão Executiva. A próxima reunião da Coalizão Interamericana de Ética no setor de dispositivos médicos deve ocorrer em abril de 2019, em Buenos Aires, na Argentina, junto com o Fórum de Competitividade das Américas.
Rede Global de Compliance e Global Medical Technology Alliance
O presidente e o diretor-executivo da ABRAIDI ainda participaram, juntamente com os demais membros, a Medtech da Europa e a MEDEC do Canadá, da reunião da Rede Global de Compliance, iniciativa que visa debater a viabilidade de um código global de compliance e iniciativas internacionais nessa área.
A ABRAIDI também integrou, como ouvinte, o encontro da Global Medical Technology Alliance – GMTA, que discutiu temas regulatórios e de acesso ao mercado. “A GMTA é um interlocutor frequente na área de dispositivos médicos com a Organização Mundial da Saúde”, lembrou Bruno Bezerra.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply