This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

A arte de engajar pessoas na área da saúde

By 6 de janeiro de 2020 Gestão, Você Informa

5 estratégias que os líderes de hospitais podem usar para obter o engajamento de equipes

Quando líderes hospitalares, gerentes, administradores e gerentes de enfermagem percorrem os corredores conversando e ajudando funcionários e pacientes, o envolvimento de funcionários do hospital aumenta significativamente.

De acordo com pesquisa da Gallup um maior envolvimento dos profissionais da saúde está relacionado estatisticamente a menores índices de complicações e mortalidade dos pacientes. Outro dado interessante é que hospitais com equipes menos engajadas pagam US$ 1,1 milhão a mais por ano em casos de negligência médica do que hospitais com equipes altamente envolvidas.

E em meio as emergências e urgências hospitalares como criar estratégias de conexão e engajamento com equipes?

Cinco estratégias que podem ser utilizadas:

1. Entenda o processo com perguntas.

Faça perguntas para a equipe claras e objetivas como por exemplo:

Como esta ideia pode ser colocada em ação?

Como isso pode ser melhor do que poderíamos imaginar?

O que podemos fazer hoje para nos ajudar a permanecer engajados e melhorar os resultados dos pacientes?

2. Reconheça sua equipe e aproveite os insights da sua equipe

Estudo feito no instituto Gallup mostra que os profissionais que não são reconhecidos por seu bom trabalho têm três vezes mais chances de dizer que vão sair da empresa no próximo ano – e seis em cada 10 funcionários não se sentem adequadamente reconhecidos no ambiente hospitalar.

3. Trabalhe a autonomia de sua equipe

Implemente métodos ágeis de trabalho, metas e objetivos. Seja um facilitador de processos.

4. Crie conexões e comunicação assertiva com sua equipe e com o propósito da instituição.

Deixe claro as condutas certas a serem adotadas e as condutas não permitidas.

Treinamentos, workshops e palestras podem motivar e apoiar no entendimento das normas e condutas da instituição. É preciso a conexão emocional das equipes ao propósito da instituição.

5. Enfatize a importância do bem-estar

A Síndrome de Burnout é comum na área da saúde. Em estudo recente feito pelo Gallup 41% de funcionários desengajados apresentam sintomas da síndrome. Por outro lado, funcionários que sentem engajados têm 1,9 vezes menos chances de sentirem-se esgotados.

Saber que sua empresa se preocupa com comunicação, autonomia e condutas, pode promover o envolvimento dos funcionários, e um programa de engajamento demonstra esse olhar de forma prática.

Portanto para engajar é necessário dar autonomia, rever condutas e entender as motivações das equipes.

Gostou deste artigo, compartilhe, e se você tiver dúvidas poderá nos enviar um e-mail: luciene.scherer@gmail.com

Sobre a autora

Luciene Scherer
Palestras, Consultoria e Treinamentos

About Release enviado por LUCIENE CARDOSO SCHERER

Palestrante e Instrutora de treinamentos corporativos na área de gestão de pessoas e processos. Pós Doutora em Análise de dados e informações estatísticas pela Universidade Federal do RS. (UFRGS) Doutora em Avaliação Econômica para tomada de decisão e Incorporação de novas tecnologias (UFRGS) Master Coach,  licenciada pela Behavioral Coaching Institute (BCI).