This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

ThoughtWorks apoia construção de aplicativo para profissionais de saúde do SUS

Novo app auxilia profissionais de saúde no combate à Covid-19
Profissionais de saúde já podem ter acesso ao iSUS, aplicativo desenvolvido pela Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), para dar suporte à tomada de decisões no enfrentamento de casos do novo coronavírus. Com lançamento nesta sexta-feira, 18, e disponível gratuitamente para celulares com sistema Android ou iOS, a ferramenta é um guia digital que reúne uma série de recursos para dar agilidade na adoção de condutas por parte dos profissionais com base em dados atualizados e evidências científicas.
Em fase de testes desde junho, o app foi desenvolvido pela ESP/CE com o apoio da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), do projeto “SMART Health”, e a parceria do Grupo de Engenharia de Software Adaptativo e Distribuído (GESAD) da Universidade Estadual do Ceará (UECE), e da ThoughtWorks, consultoria global de tecnologia que apoia o projeto de forma voluntária, como parte de seu enfrentamento à pandemia.

“Estamos num processo inovador de interação com quem atua na linha de frente. O iSUS visa promover a saúde do cidadão usando uma ferramenta de tecnologia na palma da mão dos profissionais de saúde”, destaca o superintendente da ESP/CE, Marcelo Alcantara.

Para utilizar o app, os profissionais de saúde preenchem um cadastro na ferramenta. Com isso, de forma inteligente, o iSUS cria o perfil do usuário e personaliza o acesso a manuais, protocolos e notas técnicas de acordo com a área de interesse do profissional. A criação dos perfis também permite que os profissionais de saúde possam interagir e trocar experiências.

Todas as informações disponíveis no aplicativo são elaboradas e atualizadas constantemente. O protocolo digital do manejo clínico do paciente, uma das principais funcionalidades disponíveis, apresenta todos os estágios da Covid-19 e traz uma série de recomendações para a abordagem clínica adequada para o processo de recuperação do paciente com base em evidência científica.

O app está em constante atualização de acordo com as sugestões dos usuários. O médico pneumologista e intensivista, Ricardo Coelho, utiliza o app desde o início da fase de testes. Ele destaca que o iSUS facilita a rotina dos profissionais de saúde: “O aplicativo é uma forma prática e rápida de atualização, especialmente nesse momento de pandemia que temos menos tempo. É também um suporte no atendimento ao paciente, que tem dúvidas, e rapidamente posso checar no aplicativo, que é uma fonte confiável”.

O iSUS beneficia não apenas os profissionais que estão na linha de frente. A ferramenta é estratégica para gestores de unidades de saúde. “Esse aplicativo foi importante para que fosse implantado um plano de ações de enfrentamento à Covid-19 e um suporte para tomada de decisões aqui na unidade”, afirma Assis Guedes, diretor do Centro de Convivência Antônio Diogo, em Redenção.

AÇÃO COLABORATIVA

O iSUS é fruto de uma ação colaborativa entre várias entidades. A Escola de Saúde Pública traçou estratégias e contou com a colaboração de parceiros para desenvolvimento da ferramenta.

“O iSUS está totalmente alinhado com o nosso propósito de ampliar a mudança social positiva e defender um futuro tecnológico mais justo”, comenta Gisele Burck, Project Manager da ThoughtWorks Brasil. “Aprendemos muito com esse projeto, que nasceu com o intuito de disponibilizar, de forma ágil, informações confiáveis àqueles que mais precisam e seguimos trabalhando para apoiar a jornada da Escola de Saúde Pública do Ceará”.

Graças à Metodologia Ágil, a equipe de 20 tecnologistas envolvidos na construção do iSUS pôde fazer entregas contínuas para receber o retorno dos próprios profissionais de saúde que utilizaram o aplicativo e fazer melhorias ou incluir as funcionalidades consideradas mais importantes por eles.

Para ser constantemente aperfeiçoado, os usuários poderão sugerir novas ferramentas e funcionalidades que auxiliem na rotina do profissional de saúde. Desse modo, os desenvolvedores atuam de forma constante na manutenção e aprimoramento do aplicativo para atender às necessidades da rotina do profissional de saúde. Uma novidade é que o aplicativo foi desenvolvido em formato de código aberto. Isso permite que ele seja utilizado por outras instituições públicas de saúde do Brasil e do mundo.

Já a Funcap integrou o projeto por meio de uma linha emergencial de apoio a pesquisas e ações direcionadas de combate ao coronavírus. A iniciativa beneficiou também parceiros do iSUS. “A linha emergencial foi um instrumento essencial para agilidade na avaliação e na execução dos projetos nesta pandemia e contribuir para dar respostas aos problemas mais prementes causados pelo coronavírus”, destaca o diretor de inovação da Funcap, Jorge Soares.

Somaram-se à força-tarefa, o projeto Smarth Health, que desenvolve soluções por meio de aplicativos e sistemas, e o Grupo de Engenharia de Software Adaptativo e Distribuído (GESAD), da Universidade Estadual do Ceará (UECE), que contribuiu com a interface e desenvolve serviços que ainda serão acrescentados à ferramenta.

“Enquanto o Núcleo de Inovação Tecnológica da ESP tem o problema, nós temos a expertise da tecnologia através do grupo de pesquisa que desenvolve projetos na área. Além de podermos apoiá-los com a expertise tecnológica, nós também aprendemos”, destaca Paulo Henrique Maia, coordenador do Smart Health e do GESAD, da UECE.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.