This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Tecnologia nas residências permite autonomia para pessoas com deficiência

By 20 de setembro de 2020 TI e Inovação

Casas automatizadas possibilitam mais qualidade de vida à deficientes

No dia 21 de setembro é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (PCD). Esta data foi criada com o objetivo de conscientizar sobre a importância da inclusão. De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que 24% da população – quase 46 milhões de brasileiros, declararam ter algum tipo de deficiência mental/intelectual ou algum grau de dificuldade em enxergar, ouvir, caminhar ou subir degraus

A tecnologia vem modificando o formato dos lares brasileiros e ajudando as pessoas com deficiência a terem mais independência, com processos que vão muito além do conforto e praticidade, eles trazem qualidade de vida, segurança e economia. Embora em crescimento, a quantidade de residências que utilizam a automação residencial em prol de pessoas com alguma deficiência ainda é pequena, o principal fator é a falta de informação a respeito dos benefícios que esta tecnologia proporciona.

“Há um mito que as casas inteligentes são complexas, complicadas e caras. Hoje, qualquer residência, independentemente do tamanho, é possível ser automatizada, sem quebra-quebra, com dispositivos “plug and play”. A grande inovação desses sistemas é a modularidade, ou seja, os projetos podem ser implementados aos poucos, através de sensores e módulos sem fios, evitando grandes intervenções nos espaços. A partir de R$ 150,00 reais já é possível fazer a automação de pequenos ambientes”, revela Vanderlei Rigatieri, presidente da Casa Conectada.

A Casa Conectada, empresa especialista em automação residencial, explica que a automação hoje é acessível e traz diversos benefícios que ajudam na independência das pessoas com deficiência. “Tarefas simples do dia-a-dia como acender e apagar as luzes, abrir e fechar persianas, ligar tv e eletrodomésticos, tudo pode ser feito com um clique pelo celular, ou por assistentes pessoais. Com dispositivos simples, de fácil instalação, é possível integrar dispositivos com infravermelho, como TVs, câmeras de segurança, ar-condicionado, lâmpadas inteligentes, assistente pessoal, entre outros, tudo por um único aplicativo”, explica Rigatieri.

Atividades cotidianas que parecem simples, como abrir cortinas, acender e apagar luzes e acionar o sistema de ar-condicionado são apenas algum dos processos que podem tornar o cotidiano mais trabalhoso para quem tem alguma deficiência, mas com o controle de sistemas na palma da mão ou por comando de voz, tudo se torna mais cômodo.

Os dispositivos audiovisuais de sons e vídeos podem ser automatizados, como TV, aparelho de som, inclusive câmeras de segurança que podem utilizar comando de voz para gerenciar a entrada e saída de pessoas da residência de forma simples e segura. Um dos itens mais buscados é o controle de iluminação, que pode ser feito por controle remoto, smartphone, comando de voz ou horário programado. Dispositivos de segurança também são indispensáveis como sensor de fumaça, de movimento, de vazamento de água e gás, entre outros. A tecnologia veio para ficar e as casas inteligentes são o futuro em termos de qualidade de vida, sustentabilidade, conforto e segurança.
Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.