This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Fix it desenvolve soluções que estão revolucionando a imobilização ortopédica

Startup produz talas a partir de plástico com fontes renováveis

Quem já quebrou punho, mão ou dedos sabe o quão desconfortável é ter que aguentar dias, semanas ou até mesmo meses com uma imobilização. De acordo com o Ministério da Saúde, as Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), que atingem a classe trabalhadora em seus diversos ramos de atividade, representando o principal grupo de agravos à saúde, estão entre as mais frequentes no Brasil.

De olho nesse cenário, a Fix it está reinventando a forma como as pessoas tratam lesões ortopédicas que necessitam de imobilização. A startup desenvolve soluções que auxiliam no procedimento de fraturas e na recuperação de casos pós-cirúrgicos. Feitos de plástico termomoldável e biodegradável, os imobilizadores produzidos pela healthtech possuem um design inovador. Ao contrário do gesso, por exemplo, que coça, esquenta, pesa e fica com mau cheiro, as soluções da Fix it são arejadas, higienizáveis, resistentes e à prova d’água.

“Acreditamos que quando um trauma acontece, os procedimentos aplicados devem ser os mais práticos, eficientes e confortáveis possíveis. Com os modelos tradicionais de imobilizadores isso não acontece. Dessa forma, aliamos novas tecnologias com a expertise de vários profissionais para liderar um novo caminho no tratamento de lesões e imobilizações, com tecnologia, praticidade e conforto”, explica o fundador e CEO da Fix it, Felipe Neves.

As soluções da Fix it têm durabilidade de três anos e ainda podem ser remodeladas, em média, mais quatro vezes após a primeira aplicação, que é feita em, no máximo, cinco minutos. Ou seja, trata-se de uma ótima alternativa não só para os pacientes, mas também para os profissionais que atuam em clínicas e hospitais, já que torna a imobilização mais ágil e prática.

Além disso, os imobilizadores ainda acabam saindo mais baratos em alguns cenários, como por exemplo em radiografias, já que são radiotransparentes e não precisam ser retirados, diferente do gesso que precisa de uma segunda aplicação.

“A Fix it objetiva realmente desengessar as soluções atuais em todos os seus aspectos, seja da perspectiva do usuário, do profissional e também do meio ambiente. O nosso objetivo é produzir imobilizadores para todas as articulações do corpo e estar presente mundialmente, levando uma solução acessível a todas as classes”, afirma Herbert Costa, fundador e COO da startup.

Acelerada pela ACE e pela Braskem, hoje a Fix It possui cinco modelos em soluções ortopédicas e oferece cursos para profissionais da saúde aprender a aplicar os imobilizadores.

Sobre a Fix it

Fundada em novembro de 2015 no Rio Grande do Norte, durante o evento Startup Weekend, a Fix it é uma startup especializada em soluções ortopédicas feitas de plástico termomoldável e biodegradável. No início de 2017, participou do programa de aceleração da ACE e iniciou uma parceria com a Braskem Labs, possibilitando a vinda da empresa para São Paulo. Com atuação em todo o território brasileiro, a startup atua no segmento B2B2C.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply