This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Engenheiros criam dispositivo inteligente que otimiza o atendimento aos idosos que moram sozinhos

By 20 de setembro de 2020 TI e Inovação

Muito mais do que prevenir, HelpBox ajuda a cuidar e leva tranquilidade para as famílias

O número de idosos que moram sozinhos vem aumentando cada vez mais no país. De acordo com o IBGE, esta quantidade já representa 14% dentre as pessoas com mais de 70 anos. O risco de acidentes domésticos nesta faixa etária, porém, é grande e devem-se tomar alguns cuidados.

Pensando nisso, Adriano Goes, doutor em Engenharia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), criou um dispositivo inteligente, a HelpBox, que o timiza o atendimento à pessoa idosa , com monitoramento 24 por 7, por meio de Inteligência Artificial.

A ideia de desenvolver um sistema que atendesse a terceira idade surgiu quando Goes sentiu falta de soluções para este nicho, focadas em dados. Para ele, os dispositivos oferecidos não dispõem de inteligência, resumem-se a botões de presença com funcionalidades extremamente simplistas, o que serviu para criar uma ferramenta com alto valor agregado. “Nosso principal objetivo é ajudar a cuidar dessa população que mora sozinha, dando atenção, monitorando sinais que identificamos que é importante, mas sem deixar que eles percam a independência que tanto prezam”, explica Goes.

O dispositivo conta com uma pulseira que gerencia e fornece dados essenciais, como movimentação atípica, controle de sono, mudança de decúbito, monitoramento cardíaco, prontuário médico e até mesmo controle do cotidiano do idoso. “Por meio dessas informações, nossa equipe de enfermagem consegue detectar desvios e contatar o paciente proativamente em viva-voz, sem que ele necessite apertar botões ou realizar ligações”, comenta o fundador da HelpBox.

Além da central de monitoramento em tempo real, o HelpBox possui um aplicativo para a família, dentro do qual é possível abrir comunicação com o assistido, ver sua localização, configurar alertas e acompanhar as atividades do idoso, entre outras funcionalidades. De acordo com o executivo, o público comprador da tecnologia está na faixa etária dos 35 aos 55 anos, ou seja, são filhos que desejam manter os cuidados de seus pais à distância.

Futuro

Em termos de crescimento, as expectativas do fundador são as melhores: até o final do ano, ele pretende chegar à marca de 600 usuários; em dois anos, serão 5 mil. Quanto ao faturamento, até 2022, a empresa deve atingir R$ 4,5 milhões.

“Nosso intuito é alcançar 41 mil idosos no Brasil, considerando primeiramente as pessoas com mais de 70 anos, pertencentes às classes A e B. Ao bater esta meta, queremos tornar o equipamento mais acessível e mirar as classes C e D também”, esclarece Goes, lembrando que o modelo de negócios é baseado em assinaturas. Hoje, a HelpBox reúne clientes nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco.

O executivo afirma ainda que reservou cotas da empresa para fazer rodadas de investimentos que permitam mais crescimento e capilaridade. “Já recebemos proposta de expansão para Portugal, Colômbia, Argentina e Chile. Porém, ainda estamos solidificando a companhia em solo brasileiro e consideramos que não é o momento”, conclui ele.
Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.