This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

De olho na integração com área diagnóstica, Pixeon faz nova aquisição

By 15 de agosto de 2014 TI e Inovação

A Pixeon acaba de anunciar a compra da catarinense Lablink, empresa que faz o “interfaceamento” de equipamentos diagnósticos, isto é, a comunicação da tecnologia presente em equipamentos da área de análises clínicas com o sistema de gestão de Laboratory Information System, o LIS. O valor da aquisição não foi revelado pela empresa. 

“Ainda não tínhamos uma solução completa para oferecer aos nossos clientes”, disse o CEO da Pixeon, Roberto Cruz, em entrevista ao Saúde Business 365. Com a nova aquisição, a empresa dá mais um passo na ampliação da oferta de soluções de TI, que hoje envolve RIS, PACS, LIS e até um portal de agendamentos de exames. “Queremos ser uma empresa de tecnologia para a saúde. Não só de [soluções] de medicina diagnóstica”, afirma Cruz. 
Como funciona
O sistema da Lablink realiza a comunicação entre o equipamento do laboratório com o sistema de gestão. Depois que o paciente é cadastrado no LIS, é gerado um arquivo que será importado para o sistema de interfaceamento, ou seja, o sistema da Lablink. É por meio dessa comunicação que o equipamento reconhece o paciente pelo código de barras das amostras.
O Lablink é parametrizável, ou seja, permite inserir diferentes dados com critérios estabelecidos e fazer cruzamentos de acordo com as características de cada exame. Com a automatização deste processo é possível identificar erros de processamento no exame.
Cruz garante que com as soluções integradas, o fluxo passa a não ter “intervenção humana no diagnóstico”, o que o torna mais seguro e ágil. 
Próximos passos
A Lablink tem mais de 200 clientes, mil equipamentos “interfaceados” e cerca de 20 funcionários. De acordo com a Pixeon, a empresa adquirida tem apresentado um crescimento médio anual de 15%. Com a aquisição, ela ficará sob controle da Pixeon, mas a Lablink manterá independência comercial, marca, diretoria e a equipe própria. 
Essa é a segunda ação relevante da empresa após a entrada do fundo Reverwood em 2013, que fez um aporte de R$ 30 milhões. A primeira delas foi o lançamento da plataforma de agendamento ClickVita em abril. A empresa também tem investido em novas contratações, este ano foi anunciado Robson Miguel, ex Agfa Healthcare, para a diretoria comercial e Fabiana Bernabe, ex GE, para a diretora de Marketing
Maria Carolina Buriti

About Maria Carolina Buriti

Há quase cinco anos atuando como jornalista no setor de saúde, minha principal missão é levar informações que ajudem a desenvolver o setor, explorando novas histórias e diferentes pontos de vista, entendendo o quão complexo é a interação dessa cadeia. Atuo como editora chefe da Live Healthcare Media, braço de mídia de saúde da IT Mídia. Responsável pelo conteúdo da Revista Saúde Business e pelo site Saúde Business. Anteriormente fui repórter da revista FH e Saúde Business, Financial Report e portal Financial Web também na IT Mídia. Passei pelas editorias de economia e negócios e finanças. Também atuei como assessora de imprensa na área de ti e telecom.

Leave a Reply