This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Com receita médica digital, Prefeitura de Vitória agiliza entrega de exames

By 4 de fevereiro de 2020 TI e Inovação

Capital capixaba usa certificação digital para emissão de prontuários, exames e atestados nas unidades de saúde do município

Para garantir a segurança na hora de armazenar os prontuários médicos e permitir a integração com outros dados do paciente, a Prefeitura de Vitória (ES) decidiu investir em inovação e na certificação digital. A tecnologia permite criar exames, atestados e receitas médicas eletrônicas, o que traz agilidade, além de permitir o acompanhamento mais completo do tratamento dos pacientes, dispensar o uso de papel e evitar fraudes.

A tecnologia atualmente está disponível em toda a rede de saúde pública da capital capixaba. Com as soluções desenvolvidas pela BRy Tecnologia, empresa que atua no mercado de certificação digital, o município economiza cerca de dois milhões de folhas por ano. Em 2019, a média mensal de documentos assinados digitalmente pelos médicos e farmacêuticos de Vitória é de 390 mil, incluindo prontuários, receitas, exames e atestados.

A implementação da tecnologia da BRy também impactou os prazos de entrega de exames, que passaram de 30 dias para uma semana, além de evitar a fraude de atestados. A receita médica eletrônica passou a ser utilizada nas farmácias municipais, após sua validade ser instituída em uma lei municipal. Isso previne a automedicação e permite o acompanhamento do tratamento, pois o médico sabe, por exemplo, se o paciente pegou o remédio na farmácia.

“A BRy fornece os componentes que são integrados às soluções da prefeitura. Assim, conseguimos chegar aos melhores resultados para garantir a segurança dos documentos, na hora da assinatura e da armazenagem, além da agilidade nos processos e na entrega de exames”, explica Rafael Godinho, diretor comercial na BRy Tecnologia.

“Uma inovação que transformou a vida dos profissionais e dos pacientes, por gerar informações do paciente de forma precisa e completa. Isso garante ter acessos a informações como medicamentos e locais onde o paciente foi atendido e quais medidas foram tomadas”, completa o secretário de Desenvolvimento de Vitória, Márcio Passos.

Documentos ficam guardados por 20 anos

De acordo com a Resolução CFM nº 1.639/2002, os prontuários médicos devem ser guardados por um prazo mínimo de 20 anos após a morte do paciente. Com a versão eletrônica, os documentos ficam salvos com segurança desde o momento que são gerados até o fim do período obrigatório. Além disso, como o certificado digital dos profissionais de saúde ficam em uma nuvem privada do município, é possível o uso do sistema através de  qualquer dispositivo conectado à intranet. As soluções da BRy também contam com algumas funcionalidades, como logs para auditoria e rastreabilidade, além de dispensar o uso de tokens ou smartcards, o que evita perdas e danos que atrapalhem o uso do serviço.

“Antes desse sistema, enfrentávamos diversos problemas como anotações ilegíveis, dificuldades no acesso aos registros em outros pontos de atendimento da rede, sub registros. Agora temos a possibilidade de ter o histórico do paciente, acompanhar a sua evolução e acessá-lo em qualquer serviço da rede. Com os dados informatizados, ficou mais fácil também pensar as ações estratégicas da Secretaria de Saúde de Vitória (Semus)”, afirma a secretária de Saúde de Vitória, Cátia Lisboa.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.