This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Brasileiros usam a internet para levar subespecialistas de saúde ao interior

By 16 de novembro de 2017 TI e Inovação

Um dos problemas crônicos do sistema de saúde brasileiro é conseguir levar médicos para regiões com escassez ou ausência desses profissionais. O tema é tão grave que em 2013 o Governo Federal lançou o polêmico Programa Mais Médicos, uma forma que o poder público encontrou para tentar melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Quatro anos depois, a iniciativa acumula erros e acertos como os 63 milhões atendimentos realizados.

O Ministério da Saúde aponta que o trabalho foi feito nos 4.058 municípios do país, mas especialistas no assunto apontam a necessidade de avançar em alguns aspectos, como os laudos especializados. Esses dados dependem da avaliação de subespecialistas, ou seja, médicos focados em temas muito específicos como a cardiologia, medicina interna, musculoesquelético, mastologia e neurologia. Uma demanda que a brasileira One Laudos descobriu como atender via internet.

Os problemas variam muito de região para região. Em áreas com poucos recursos, por exemplo, há uma grande dificuldade de se contratar um radiologista, pois a maioria não vai querer se mudar para uma cidade pequena ou do interior. Isso pode gerar um verdadeiro caos na rotina de trabalho da clínica ou do hospital. Nosso trabalho consiste em oferecer uma equipe de subespecialistas durante as 24 horas do dia e online. Assim é possível desafogar ou preenchemos a demanda sem precisar ter alguém na região – explica Renan Perantoni, um dos sócios da empresa.

O trabalho já atrai interessados. A One Laudos acabou de vencer uma licitação em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo e já acumula outros trabalhos pelo país. Sediada em São Paulo a startup é resultado dos conhecimentos de administração de Renan e do médico Augusto Romão. O primeiro trabalhava com a venda de equipamentos de raio X e mamografia e o segundo mantinha uma clínica médica sozinho.

Nós já nos conhecíamos há alguns anos e chegamos a conclusão do quanto era necessário tornar essa relação de fornecimento de laudos em algo mais simples. Entendemos bem a carência generalizada de mão de obra qualificada em todo o país e encaramos que isso poderia ser uma oportunidade de oferecer o serviço de telerradiologia – aponta Augusto, o médico empreendedor.

O nome “telerradiologia” é recente no setor e significa a transmissão de dados à distância. Esta novidade é possível graças ao desenvolvimento da tecnologia da informação em todo o mundo. Deste modo fica ainda mais fácil realizar um diagnóstico em outra região ou ter acesso a uma segunda opinião especializada via web.

É uma proposta que beneficia a todos. O paciente ganha mais rapidez e qualidade no atendimento, o administrador do hospital e das clínicas passa a atender os pacientes com maior eficiência e com menos custo do que contratar vários funcionários. Até os radiologistas e técnicos passam ganhar, afinal eles agora terão uma ferramenta para facilitar seu trabalho, reduzindo erros e com resultados 24 horas por dia – conclui Renan.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply