INSCREVA-SE para o HIS19 e atualize-se com mais de 70 horas de conteúdo! Inscreva-se

A telemedicina pode aproximar médicos e pacientes

By 7 de março de 2019 TI e Inovação

No início de fevereiro, o Conselho Federal de Medicina (CFM) autorizou várias práticas médicas a distância, inclusive a consulta pela internet.

A alternativa é viável para melhorar o acesso à saúde e o atendimento remoto pode impactar positivamente na saúde do paciente, além de abrir inúmeras possibilidades de redução de custos e aumento de eficiência.

Porém, depois de uma série de críticas dos conselhos regionais, que consideraram a resolução um risco para a relação médico-paciente e para a qualidade do atendimento, o CFM voltou atrás e revogou a resolução.

Agora é o momento de estudar, analisar e organizar criteriosamente as contribuições da resolução para melhorar e facilitar a relação do médico e paciente com o apoio da tecnologia.

A frente da resolução, respeitando o regimento e sempre a favor do paciente, a AzimuteMed é exemplo de inovação e constantemente investe em ferramentas de realidade virtual, realidade aumentada e inteligência artificial, chatbot, aplicativos e na videoconferência para orientar sobre correta administração de medicamentos e como aumentar a qualidade de vida do indivíduo. A empresa desenvolve programas personalizados desenhados de acordo com as necessidades de cada segmento: indústria farmacêutica, empresas, corretoras e operadoras de planos de saúde.

Como o diagnóstico traz muito impacto, é comum o paciente esquecer ou não associar as informações sobre a doença, como utilização e armazenamento dos medicamentos, efeitos colaterais e formas de minimizá-los. O atendimento ao vivo pela internet é um suporte importante para o tratamento, uma vez que a ferramenta provoca uma aproximação essencial com o indivíduo, possibilitando perceber as dificuldades e orientá-los de forma mais precisa e segura.

Além da agilidade em solucionar um problema ou descobrir um erro do paciente na aplicação de um medicamento, por exemplo, a visita online pode ser feita em qualquer ambiente como trabalho, casa ou em uma viagem, permitindo também a intervenção de um profissional de saúde de forma menos onerosa para o pagador e meio ambiente.

A videoconferência é personalizada para a operação e atende 100% das exigências regulatórias dos clientes. As orientações respeitam protocolos e métodos de abordagem. E os pacientes aprovam o atendimento online, principalmente, aqueles dos grandes centros, que preferem mais este canal ao presencial. A ferramenta possibilita ampliar os atendimentos médicos para regiões a milhares de quilômetros de distância, permite inclusive presença e atuação fora do Brasil.

O indivíduo atendido pelos programas da AzimuteMed tem à disposição enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas online para ajudá-lo, de forma didática, a entender mais sobre sua condição e a maneira correta de tomar os medicamentos. A visita virtual é dinâmica, o paciente vê e ouve o profissional e pode ser visto se quiser. Os profissionais de saúde são colocados em um local silencioso e isolado e também usam outros vídeos de referência para tornar a visita mais interessante e elucidativa.

Sobre o Autor:
Luciana Lauretti é enfermeira formada pela USP, há 16 anos, com MBA pela IBMEC sobre Gestão em Saúde e experiência em Gerenciamento de Crônicos há mais de 15 anos. Especialista em Programas de Gerenciamento de Crônicos, Programas de Relacionamento com Paciente em atendimento telefônico ou presencial. Construção de protocolos de atendimento, Desenvolvimento e criação de softwares de saúde. Pioneira no atendimento domiciliar à pacientes de doenças raras autossômicas na América Latina. Atual CEO da AzimuteMed.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply