This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Oficiais do governo da China e do Brasil se reunem para intercâmbio de práticas inovadoras em saúde

By 28 de novembro de 2019 Destaques, Saúde Pública

Oficiais do governo da China e do Brasil se reúnem em São Paulo, nesta semana, para um intercâmbio de métodos inovadores que os ajudarão a melhorar a contabilização e a precisão das causas de morte registradas. Esses dados podem levar a uma melhor compreensão da saúde em nível populacional, um recurso crítico que os governos podem usar para informar a formulação de políticas.

De particular interesse durante a visita, as autoridades compartilharão formas de aumentar os registros civis e estatísticas vitais (CRVS) – como atestados de óbito em áreas rurais, que os delegados chineses verão em visita ao Estado do Amazonas, e demonstrações de autópsias minimamente invasivas – o que pode melhorar diagnóstico da doença de Alzheimer, por exemplo. Xangai e Brasil fazem parte da Iniciativa Data for Health da Bloomberg Philanthropies, implementada pela organização global de saúde pública Vital Strategies, facilitadora da reunião.

“A boa saúde pública começa com ótimos dados”, diz Pedro de Paula, Diretor da Vital Strategies no Brasil. “O Brasil testou com sucesso inovações para melhorar a coleta e análise de dados sobre causas de morte, incluindo repensar como podemos registrar a causa de morte em comunidades remotas e rurais. Essa troca destaca desafios compartilhados entre Xangai e diferentes localidades no Brasil e como respondemos com soluções exclusivas. Aprender uns com os outros tem o potencial de fornecer mais milhões de pontos de dados sobre como milhões de pessoas em ambos os países podem ser apoiadas na vida mais longa e saudável”, completa de Paula.

A delegação do Centro Municipal de Controle e Prevenção de Doenças de Xangai (CDC de Xangai) pretende conhecer as melhores práticas do sistema brasileiro de registro civil e estatísticas vitais, conhecido como Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e Sistema de Informações Sobre Nascidos Vivos (SINASC). O CDC de Xangai é uma agência governamental de nível municipal que trabalha para melhorar a saúde e a segurança pública nesta cidade global de mais de 24 milhões de pessoas.

“A delegação do CDC de Xangai tem interesse em compartilhar as lições aprendidas sobre registro de óbitos, bem como sucessos na tradução de big data para a tomada de decisões em saúde pública com nossos colegas brasileiros. Esperamos que melhorias no sistema de registro de óbitos possam ser resultado dessa cooperação”, disse o Dr. Xia Tian, Chefe do Instituto de Informação em Saúde Pública do CDC de Xangai. Em São Paulo, a equipe de Xangai visitará a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e participará de uma série de demonstrações

“Em todo o mundo, mais da metade das mortes não são registradas, e as que são frequentemente não têm dados de boa qualidade sobre as causas das mortes”, disse Philip W. Setel, vice-presidente e diretor de registro civil e estatísticas vitais da Vital Strategies. “Desde 2015, trabalhamos com 20 governos em todo o mundo por meio da Iniciativa Data for Health para fortalecer seus dados de saúde pública e melhorar suas ideias sobre a saúde da população. Parceiros do Data for Health, como o CDC Xangai e o Brasil demonstraram que é possível progredir em qualquer lugar do mundo. Agora, com a Iniciativa em sua segunda fase, estamos entusiasmados em facilitar a troca de aprendidas entre a delegação do CDC Xangai e seus pares em São Paulo e Manaus”, afirma Setel.

Sobre o CDC Xangai

O CDC de Xangai, uma instituição criada em 1998, atua como agência governamental municipal que trabalha para melhorar a saúde e a segurança pública em uma das principais megalópoles do mundo. Em colaboração com a Iniciativa Dados para a Saúde da Bloomberg Philanthropies e a Vital Strategies, o CDC está trabalhando para fortalecer os sistemas de registro civil e estatísticas vitais (CRVS) na cidade, melhorando a capacidade de coleta, qualidade, pontualidade, análise e uso dos dados de mortalidade. Esses dados são essenciais para fornecer às autoridades da cidade uma imagem clara das tendências da população e causas de morte e doença, permitindo a tomada de decisões informadas sobre políticas públicas de saúde.

Brasil

Desde 2005 o país implementa medidas para melhorar a qualidade dos dados do SIM sobre causa de morte. Isso inclui a criação de vigilância da mortalidade, o estabelecimento de unidades de epidemiologia em hospitais e o aumento do número de serviços de verificação de morte (autópsia) em todo o país, com protocolos e padrões legalmente estabelecidos. Em colaboração Com a Iniciativa Dados para a Saúde da Bloomberg Philanthropies, o Ministério da Saúde do Brasil, juntamente com vários estados e municípios, iniciou novas intervenções para aumentar a precisão da causa da morte em todo o país. A Vital Strategies firmou parceria com o Centro Municipal de Controle de Doenças de Xangai na Data for Health Initiative em 2015 e com o Ministério da Saúde do Brasil desde 2016.

A iniciativa Data for Health faz parceria com governos de baixa e média renda para fortalecer seus dados de saúde pública e melhorar a maneira como eles usam essas informações para tomar decisões políticas e investimentos em saúde pública. O Data for Health é uma iniciativa de oito anos que foi co-financiada pela Bloomberg Philanthropies e pelo Governo da Austrália. A iniciativa começou em 2015 como uma iniciativa de quatro anos e entrou em uma segunda fase em 2019 com escopo geográfico e programático expandido, inclusive por meio do Global Grants Program, revisões legais e regulamentares e registros de câncer.

Sobre a Vital Strategies

A Vital Strategies é uma organização global de saúde que acredita que todas as pessoas devem ser protegidas por um forte sistema de saúde pública. Trabalhamos com governos e a sociedade civil em 73 países para projetar e implementar estratégias baseadas em evidências que abordam seus problemas de saúde pública mais prementes. Nosso objetivo é ver os governos adotarem intervenções promissoras em escala o mais rápido possível. O Programa Registro Civil e Estatísticas Vitais (CRVS) ajuda os governos a fortalecer seus sistemas para contar todos os nascimentos e óbitos e monitorar as causas da morte.
Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply