This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Profissionais de saúde investem em marca pessoal e se destacam em meio à concorrência

By 9 de outubro de 2020 Profissionais

Médicos de diferentes especialidades compartilham experiências e relatos sobre como se posicionar no ambiente digital para atrair e fidelizar pacientes

Nas mais diversas especialidades, médicos com pouco conhecimento digital costumam ter dúvidas sobre como chamar atenção de seu público-alvo. A capacidade de gerir a própria reputação é um fator que tem ganhado cada vez mais importância no mercado de trabalho, o que não é diferente para os profissionais da saúde. Levantamento do Google, de 2019, aponta que 26% dos brasileiros recorrem ao buscador para pesquisar temas relacionados à saúde, o que reforça a preponderância dos resultados online no processo de decisão. Diante da presença e da demanda crescente no ambiente digital, os médicos também estão investindo em personal branding para se destacar no mercado.

Trabalhar a marca pessoal não significa fazer propaganda mas, sim, se posicionar perante o público de forma que ele compreenda quem é o profissional e o que ele tem a oferecer. O objetivo é construir uma imagem que se destaque e crie uma boa percepção sobre a sua identidade e a sua capacidade por meio de boas práticas, tais como planejamento estratégico, relação pós-consulta, marketing de conteúdo, dentre outras. Sendo assim, há diversas maneiras de divulgar o profissional com um trabalho ético e responsável.

Estratégias aproximam médicos e pacientes

Para o médico ginecologista Pedro Leopoldo Doria, de São Paulo (SP), as ferramentas digitais possuem grande capacidade de fazer com que o profissional se consolide como referência em sua área de atuação. “Eu prefiro uma comunicação mais transparente, em que o paciente possa acompanhar o nosso dia a dia, saber mais sobre doenças específicas ou conhecer o trabalho e o foco do médico ginecológico”, observa. Doria completa, ainda, que isso ajuda a reduzir a distância entre médico e paciente, principalmente em redes sociais, como o Instagram. “Além disso, o compartilhamento de informação de qualidade e de conhecimento científico também traz grandes benefícios, fazendo com que os pacientes vejam em você um profissional em quem podem confiar”, ressalta.

Como o comportamento dos pacientes se transformou no ambiente digital, passando a percorrer uma série de etapas até a escolha da clínica e do profissional, a presença digital e a gestão da reputação são essenciais para gerar credibilidade ao profissional. É o que explica o fisioterapeuta osteopata Weslei Lima, de São Paulo (SP), o qual revela que a chegada de pacientes por buscadores, como o Google, faz toda a diferença para a sua clínica atualmente.

“A maior parte dos nossos pacientes chegou pelos anúncios do Google. Isso acontece por causa da boa reputação que temos: o usuário pesquisa pela clínica e, além do nosso conteúdo, pode ver avaliações, comentários e experiências de outros pacientes. Tudo isso ajuda a dar visibilidade e confiança nos serviços que prestamos”, comenta Weslei Lima. “As pessoas pesquisam todos os detalhes, querem saber quem atende bem e o que dá resultado. E, quando você se posiciona de forma clara, gera credibilidade perante os pacientes e a comunidade científica, além de influenciar de forma positiva a escolha final da pessoa”, completa.

Ferramentas digitais descomplicam rotina

O investimento na gestão de reputação e de personal branding agrega valor ao consultório, ao profissional e ao paciente. No ambiente digital, se somada a um sistema de prontuário eletrônico completo, essa estratégia confere ainda mais segurança em relação aos dados e informações do paciente. “O detalhe está nos diferenciais que você oferece”, enfatiza Raphael Trotta, médico oftalmologista e CEO do iMedicina, empresa referência em tecnologia em saúde. “Afinal, a sua reputação e a sua marca pessoal não são apenas sobre você, mas, sim, sobre quais valores você traz na interação com seus pacientes e com o público”, explica.

Além de investir em estratégias de marketing, contar com o suporte de um sistema de prontuário e clínica digital também é um grande diferencial para a reputação do profissional. Por meio desses sistemas, é possível centralizar os dados dos pacientes, de forma a acompanhar a evolução dos quadros e agendamentos, além de gerar relatórios sobre o seu público. O ideal é utilizar plataformas próprias, que proporcionam toda a segurança e a privacidade dos usuários, como é o caso de Weslei Lima, que possui uma longa experiência com o software de prontuário eletrônico do iMedicina.

O osteopata aponta, ainda, outros diferenciais na clínica digital, como a criação de sites e blogs, campanhas de direcionamento, além da interação entre o site e o software médico, que pode ser um meio eficiente para divulgar sua marca pessoal e se destacar em meio à concorrência. “É claro que esses recursos não resolvem tudo, pois os fatores determinantes para manter um consultório cheio continuam sendo a competência, a estrutura e a qualidade do atendimento. Mas acredito que os meios digitais facilitam muito o dia a dia dos profissionais da saúde e são meios eficientes de reforçar nosso conhecimento e credibilidade no assunto”, destaca.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.