150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

Startups que continuam em alta este ano: NY

Publicidade

Alguns pólos americanos têm uma grande concentração de novos projetos da área da saúde. Ouvimos muito falar do Vale do Silício, mas Boston e Nova Iorque também estão com grandes promessas para mudanças no sistema de saúde americano e com potencial de reflexo para outros sistemas.

Aqui temos uma lista de cinco empresas que estão na cidade:

Flatiron Health

Flatiron Health é uma empresa SaaS baseada em nuvem focada no cuidado do câncer. Eles utilizam dados de pacientes como base de dados estruturada para pesquisa sobre o funcionamento da doença e desenvolvimento de tratamentos mais eficazes e rápidos.

A startup surgiu em 2012 após seus fundadores, Nat Turner e Zach Weinberg, terem uma experiência próxima na batalha do câncer. A ideia é conectar oncologistas comunitários, acadêmicos, hospitais e reguladores em uma plataforma de tecnologia compartilhada, e assim, transformar a forma como o câncer é entendido e tratado.

Alguns dados: A empresa já possui +2M registros de pacientes ativos disponíveis para pesquisa, 265 clínicas comunitárias de oncologia e 450 funcionários

Financiamento recebido: US$ 328M

Oscar Health

Oscar, fundada em 2012, é uma seguradora de saúde focada no consumidor que está facilitando cuidados acessíveis e de qualidade para seus pacientes. A startup liderada por Mario Schlosser, utiliza uma plataforma que proporciona aos membros serviços que os guiam proativamente sua jornada de saúde. Isso é realizado através de um sistema de concierge personalizado, telemedicina gratuita 24/7, e uma rede bem integrada, com curadoria de médicos de primeira classe e hospitais.

A empresa possui duas parcerias, para planos individuais com a Cleveland Clinic e para pequenos negócios com a Humana

Alguns dados: 40% dos novos usuários ficam sabendo por boca a boca, seus membros utilizam 8 vezes mais a telemedicina do que a médica nacional, e possuem mais de 600 funcionários.

Financiamento recebido: US$ 727.5M

Zocdoc

A Zocdoc, fundada em 2007, é um serviço de agendamento de cuidados médicos on-line. A robusta interface do consumidor da Zocdoc guia os usuários através das frustrantes tarefas de encontrar médicos na rede, comparação de preços, agendamento, e preenchimento da documentação necessária. A plataforma online é gratuita, assim como os aplicativos Android e iPhone, e tem o objetivo de facilitar a checagem de cobertura médica e agilizar o agendamento.

Alguns dados: Cobre +40% da população dos EUA em mais de 2000 cidades.

Financiamento recebido: US$ 223M

Quartet

A Quartet realiza a ponte entre cuidados físicos e mentais para melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Estima-se que 35% dos pacientes com doenças crônicas têm problemas de saúde comportamental subjacentes que precisam ser abordados e que 143.000 visitas de pronto socorro por dia estão relacionadas a esse tema.

A solução da startup é desenhada para atender as necessidades individuais de cada paciente por meio de um sistema de saúde colaborativo combinando a expertise das equipes de saúde com dados, focado da redução de custos e prevenção.

Alguns dados: A startup foi eleita a melhor de NY no quesito tecnologia na premiação Timmy Awards.

Financiamento recebido: US$ 47 milhões

Hometeam

Hometeam foi fundada em 2014 com a visão de construir um mundo onde todos os cuidadores sejam visíveis, reconhecidos e capacitados. A empresa está adotando uma nova abordagem para os cuidados sênior em casa, usando a tecnologia para facilitar a localização, contratação e monitoramento dos cuidadores pelas famílias.

Financiamento: US$ 43.5M

MedCPU

MedCPU é uma empresa SaaS que reúne e analisa com precisão e continuidade todas as informações que anteriormente existiam apenas em Registros Médicos Eletrônicos. A startup fornece aconselhamento em tempo real para hospitais americanos. As análises realizadas pelo software são utilizadas para desenhar um retrato abrangente do paciente e fornecer dados de suporte à decisão clínica

Financiamento recebido: US$ 50,94M

       
Publicidade

Deixe uma resposta