🚀 HIS18 Já conferiu os primeiros palestrantes do HIS? Já são mais de 15! CLIQUE AQUI

Startup reduz custos das operadoras de saúde usando Inteligência Artificial

Publicidade

Com o retrospecto de terem criado do zero e vendido à Telefônica a primeira empresa de gerenciamento de doentes crônicos do Brasil, a AxisMed Gestão Preventiva de Saúde, Fabio Abreu e Fábio Boihagian, agora com um novo sócio, Marco Aurélio Silva, colocaram no ar uma nova health tech, a HealthCentriX.

O novo empreendimento – que já monitora 215 mil vidas – é considerado um passo adiante do business intelligence que hoje rege o gerenciamento das Operadoras de Planos de Saúde (OPS). O objetivo é gerar economia antes que os custos aconteçam, predizendo comportamento e riscos dos usuários.

“Por meio de inteligência artificial oferecemos uma visão completa, em tempo real, da situação do paciente para quem tem de tomar decisões críticas no dia-a-dia da operação: liberar ou não uma cirurgia de coluna, auditar ou não uma conta médica, definir quais beneficiários devem participar de um programa de crônicos ou que necessitam de acompanhamento mais próximo”, explica Fabio Abreu, CEO da HealthCentriX.

“É uma atuação inédita, em que as empresas param de olhar para procedimentos realizados e colocam as pessoas no centro do processo. As informações para decisão estarão disponíveis no momento dos fatos, e não depois, em relatórios, e isso permite gerar uma economia absurda e benefícios para toda cadeia, inclusive usuários”, complementa Abreu.

Em um mercado cujas despesas assistenciais subiram de R$ 41 bilhões em 2007 para R$ 147 bilhões em 2017 (dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar/ANS), os sócios afirmam que até o início de 2019 a plataforma terá soluções capazes de otimizar em até 35% os custos assistenciais – considerados nos dias de hoje fora do controle – com exames, consultas, internações e outros atendimentos médico-hospitalares.

A primeira, o App Expert Autorizador, já está no ar e atua no momento em que Operadoras autorizam procedimentos como exames de alto custo e internações – quando se decidem gastos que representam 70% do custo assistencial.

José Antonio Diniz de Oliveira, diretor executivo da FioSaúde, cliente da HeatlhCentriX, conta que “a HealthCentriX contribui em um processo nevrálgico na gestão de um plano de saúde: a regulação da oferta e demanda. Ao considerar o histórico de utilização de várias bases de dados, torna mais ágil e seguro esse processo, proporcionando racionalização dos custos e melhor utilização dos recursos médicos disponíveis”.

Até agora o investimento total na plataforma foi de dois milhões de reais, sendo que a estimativa é de que a HealthCentriX encerre 2018 com 2,15 milhões de pessoas linkadas ao Expert Autorizador.

Sobre a HealthCentrix

A HealthCentrix é a primeira empresa brasileira a utilizar inteligência artificial no processo de Healthcare Analytics. Com o mínimo impacto nos processos das Operadoras de Planos de Saúde, os algoritmos que integram sua plataforma rodam na base de dados da contratante permitindo que gestores não só detectem os sinistros realmente relevantes como intervenham em tempo real, eliminando gastos excessivos e antes imprevisíveis com exames, internações e procedimentos cirúrgicos, oferecendo produtividade e qualidade no dia a dia das operações.

       
Publicidade

Deixe uma resposta