150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

Serviço revolucionário completa um ano de existência

Publicidade

Como missão para o próximo ano, o Hilab busca expandir os serviços em farmácias de todo o Brasil

Após um ano de existência, o Hilab, dispositivo inovador que gerou grande movimentação no setor da saúde, fecha parceria com farmácias de todo o Brasil. Com o objetivo de ampliar mais rapidamente o número de pacientes que terão acesso à exames laboratoriais rápidos e de qualidade, a Hi Technologies, empresa que desenvolve soluções tecnológicas para humanizar a área médica, concentra suas energias e mira expandir para o maior número de farmácias espalhadas pelo país.

Depois de doze meses de intensos trabalhos e com uma equipe três vezes maior que o ano anterior, o dispositivo já mudou a experiência de usuários em 18 estados brasileiros e segundo Marcus Figueredo, CEO da Hi Technologies, esse é só o começo.    “O Hilab mudou a experiência do usuário e provou o que uma tecnologia revolucionária pode causar no setor. Estamos felizes com a receptividade dos pacientes e com tudo o que conquistamos até agora, mas chegou a hora de acelerar os passos para chegar em ainda mais regiões que precisam dos nossos serviços”, comenta Figueredo. 

O Hilab é o primeiro serviço de telemedicina que realiza exames laboratoriais, como: teste de gravidez, perfil lipídico, HIV, vírus Zika, Chikunguya, dengue, hepatite, colesterol total, HDL, hemoglobina glicada, vitamina D, glicemia, dentre outros, em apenas alguns minutos, que é possível graças a internet das coisas e a inteligência artificial.

O dispositivo cabe na palma da mão e é solução também para os pacientes que tem medo de seringa. Isso porque o sangue é coletado da ponta do dedo, fazendo com que o processo seja menos invasivo. O resultado sai em apenas dez minutos e já traz os laudos com validações e análises médicas que obedecem aos padrões de qualidade, confiabilidade e precisão equivalentes às metodologias já disponíveis em laboratórios convencionais, assinados por uma equipe de médicos e biomédicos.

       
Publicidade

Deixe uma resposta