✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Roche debate comportamento e uso consciente de meios digitais em ação exclusiva para funcionários

Publicidade

Roche debate comportamento e uso consciente de meios digitais em ação exclusiva para funcionários

O programa Wellbeing Week, de Recursos Humanos, é uma iniciativa global que tem como objetivo fomentar a aceitação, a empatia e a redução do estresse

Para estimular os colaboradores a refletirem sobre uma rotina com mais qualidade de vida em meio aos estímulos digitais, a Roche Farma Brasil promove a 6ª edição da Wellbeing Week, semana de atividades que tem como foco o bem-estar e a reflexão dos hábitos dos colaboradores. As ações que vão desde consultoria até atividades práticas que acontecem de 24 a 28 de setembro, nas unidades de São Paulo e do Rio de Janeiro

O tema central desta edição é “A vida Offline” e está alinhado com mais de 150 países em que a Roche atua. As atividades são escolhidas com base nas sugestões dos funcionários. “Entendemos que para levar soluções de saúde à população temos que começar internamente. Não podemos nos restringir somente aos aspectos físicos, precisamos abranger também a saúde mental. O tema deste ano tem o objetivo de fazer os funcionários refletirem a forma como estão usando seus smartphones, as redes sociais e até mesmo as ferramentas de trabalho da companhia que visam ajudá-lo nas tarefas do dia a dia e muitas vezes caem em desuso”, explica Denise Horato, diretora de Recursos Humanos da Roche Farma Brasil.

Programação

Os workshops da Wellbeing Week visam o cuidado com a alimentação, bem-estar, qualidade do sono, principalmente na era digital. A palestra “Fazendo as pazes com corpo”, ministrada pela jornalista e autora Daiana Garbin, por exemplo, falará sobre autoconfiança, autoestima, segurança e amor-próprio, também olhará para a forma como o colaborador deve abraçar seus pontos fortes e fracos, mostrando que a busca pela perfeição gerada pelos modelos digitais traz comparativos que muitas vezes distorcem da realidade.

Já para incentivar relações interpessoais mais positivas, um dos destaques da semana é o Museu da Empatia que, com uma série de narrativas e diálogos, explora de que forma a empatia pode transformar relações pessoais e ajudar a enfrentar desafios como preconceito, conflito e desigualdade. Inspirada no Empathy Museum, criado em 2015, a experiência acontece com a interação dos funcionários que, na hora de ouvir cada relato, calça os sapatos do narrador. “Com este ato simbólico, nossa intenção é mostrar que, ao se colocar no lugar do outro, podemos ter uma visão muito maior sobre suas lutas e promover a aceitação. As relações off-line às vezes nos distanciam de ações como essas”, comenta Denise.

Outra importante ação será a palestra “Como criar os filhos no século XXI”, que tem como objetivo discutir as dúvidas e preocupações mais comuns dos pais, considerando as peculiaridades emocionais e sociais atuais e como o avanço da tecnologia proporciona novas descobertas e faz avançar as explicações das neurociências.

Para fechar a semana de atividades, na sexta-feira o foco é o Pet Day, no qual os funcionários poderão trabalhar ao lado dos seus companheiros de quatro patas, fator que é notoriamente conhecido como uma das principais intervenções que reduzem o estresse e a tensão no ambiente de trabalho.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta