150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

Mamografia 3D com compressor curvo reduz 93% do desconforto

Publicidade

O Brasil conta com um número expressivo de mulheres diagnosticadas com câncer de mama. Estima-se que a condição atinge mais de 2 milhões de brasileiras todos os anos, segundo dados do Hospital Israelita A. Einstein. Cada vez mais, os avanços da tecnologia têm colaborado para diagnósticos mais precoces e procedimentos menos invasivos.

Durante a JPR 2018 – que acontece entre os dias 3 e 6 de maio – será possível conhecer soluções inovadoras com foco em melhorar a saúde e o bem-estar de mulheres por meio da detecção e tratamento precoce de doenças como o câncer de mama. Desenvolvido pela Hologic – líder de mercado em biópsia de mama e pioneira na criação de tecnologias para mamografia digital – os equipamentos unem tecnologia de ponta e procedimentos mais rápidos, menos dolorosos e com melhor precisão nos resultados. Conheça as novidades:

Mamografia 3D com compressor curvo: 93% de redução no desconforto durante o exame e imagens mais nítidas

Mamografias utilizando imagens em 3D podem detectar até 65% mais cânceres de mama. Essa tecnologia oferece uma variedade de recursos inovadores projetados para fornecer imagens de alta qualidade para radiologistas, fluxo de trabalho aprimorado para tecnólogos e uma experiência de mamografia mais confortável para as pacientes.

O novo equipamento desenvolvido pela Hologic – chamado 3Dimenions – permite a criação de imagens 3D de alta resolução e HD com maior resolução, ajudando no processo de triagem e análise. Outro grande diferencial do equipamento é que ele possui um compressor curvo conhecido como SmartCurve, que se adapta ao formato da mama, garantindo maior conforto, resultados mais precisos sem distorção ou perda na qualidade de imagem.

“Foi demonstrado que o sistema melhora o conforto em 93% das mulheres que relataram dor ou desconforto moderado a grave com compressão da mamografia padrão. O novo sistema apresenta uma superfície de compressão curvada que reflete a forma do seio para reduzir o desconforto durante o exame e permitir a compressão uniforme sobre todo o seio, garantindo resultados mais precisos”, explica a dra. Vivian Schivartche, médica radiologista especialista no diagnóstico de câncer de mama do CDB Premium, em São Paulo.

Mesa prona para biópsia 3D: maior conforto e melhor experiência

Esse é primeiro e único sistema de biópsia do mundo a ser realizada com mesa prona, oferecendo biópsias de mama guiadas por imagem 2D e 3D. “A avaliação da imagem em 3D facilita a localização e o direcionamento preciso das lesões. Quanto mais rápido pudermos identificar, direcionar e acessar as lesões para biópsia, menos tempo as pacientes precisarão estar na mesa para exame. O sistema propenso foi projetado para melhorar a velocidade e a eficiência de muitos procedimentos de biópsia, enquanto as almofadas foram projetadas ergonomicamente para fornecerem suporte de ponto de pressão personalizado e direcionado para melhorar o conforto do paciente”, explica.

Outros diferenciais da nova tecnologia de biópsia incluem; sistema em 360 °, permitindo acesso total a mama para acomodar a maioria dos locais de lesão, segmentação mais rápida e menos exposição aos raios-X, resultando em menor tempo de procedimento do paciente. “Essa nova tecnologia representa uma inovação transformadora na biópsia da mama, já que pode detectar pequenas amostras que podem não ser visíveis usando outras técnicas de imagem”, finaliza a especialista.

       
Publicidade

Deixe uma resposta