150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

LIS Brasil é constituída com a união de players do mercado

Publicidade

Empresas desenvolvedoras de LIS formam associação representativa no setor

Constituída oficialmente em 1º de março de 2018, a Associação Brasileira das Empresas Desenvolvedoras de Sistemas de Informação Laboratorial – LIS Brasil une os principais players do setor de Tecnologia da Informação para Laboratórios Clínicos do Brasil. O grupo, em conjunto, processa aproximadamente 1,2 bilhões de exames e mais de 125 milhões de atendimentos laboratoriais anualmente. Estes números representam cerca de 60% do volume nacional, segundo estimativas do mercado. Atualmente composta por 17 empresas e com sede em São Paulo, a associação não tem fins lucrativos e reforça o seu compromisso institucional com o desenvolvimento e promoção de iniciativas que tenham conexão com o setor, o qual, até então, não contava com uma representatividade jurídica e uma entidade única, que atuasse ativamente em causas comuns.

Os primeiros passos para formar um grupo de referência no setor de Tecnologia de Informação para Medicina Diagnóstica foram dados em 2015, com a publicação da RDC 30 pela ANVISA, com definições para Certificação Digital. A regulamentação iniciou um debate entre as empresas desenvolvedoras de LIS no Brasil e, consequentemente, a busca de soluções eficientes e padronizadas para os laboratórios. A atuação do grupo trouxe fundamentação técnica e operacional que permitiu subsidiar a ação de outras importantes instituições e, assim, provocar a revogação desta equivocada publicação, que se fosse mantida, traria consequências negativas a todo o setor.

Entre as principais finalidades da LIS Brasil estão a representação junto às entidades governamentais e órgãos de classe que sejam responsáveis pela regulamentação das atividades do setor, promover estudos e desenvolvimento de padrões técnicos, fomentar estudos sobre padrões éticos de conduta e promover a educação sobre as melhores práticas de atuação, compliance e governança corporativa. Além disso, há plena disposição em estabelecer parcerias e trabalhar em conjunto com outras entidades, clientes e demais players para ampliar a visão de futuro do mercado e criar um maior sincronismo nas soluções técnicas que beneficiem prestadores, médicos e sobretudo pacientes, através de um trabalho colaborativo – um dos objetivos relevantes do grupo.

A diretoria da LIS Brasil foi eleita em Março deste ano e é composta por Marcelo Lorencin, Diretor Presidente; Edgar Diniz Borges, Diretor Secretário-geral; Fábio Tadeu Pacheco de Mendonça, Diretor Financeiro e Renato Casella, Diretor Técnico. O conselho fiscal é representado por Eduardo de Carvalho, José Mangualde e Roberto Ribeiro da Cruz. Entre os membros-fundadores, estão as empresas: AB Sistemas, AR Sistemas, Avantix, CriaSoft, Matrix, ND Engenharia e Software, Hoda5, Hotsoft, Inovapar, Grupo Sym, Pixeon, Proditec Sistemas, Shift, Softeasy, Thread, TM Informática e Unilab.

       
Publicidade

Deixe uma resposta