✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Labi Exames integra ranking 100 Startups to Watch

Publicidade

A rede de laboratórios de análises clínicas Labi Exames é uma das 12 companhias do segmento de saúde/bem estar que integram o 100 Startups to Watch, ranking das startups mais promissoras do Brasil realizado pela Consultoria EloGroup e pelas revistas Pequenas Empresas & Grandes Negócios e Época Negócios. A iniciativa tem o objetivo de selecionar as startups com maior potencial de inovação e crescimento no ano de 2018.

Fundado em 2017 pelo executivo Marcelo Noll Barboza e pelo médico Octavio Fernandes, ambos ex-Dasa, o Labi Exames tem como missão facilitar o acesso à saúde por meio de exames de análises clínicas. Atualmente a rede tem duas unidades na cidade de São Paulo, nos bairros de Santo Amaro e Centro, e planeja abrir mais seis unidades na Grande São Paulo até o final de 2018. “A expansão continuará nos próximos anos e nossa meta é atender cerca de três milhões de pacientes por ano em 2022”, afirma Marcelo Noll Barboza, CEO do Labi Exames.

O público alvo do Labi Exames é tanto os pacientes que hoje são atendidos pelas clínicas populares quanto pelo SUS. “É muito comum que o paciente do SUS seja atendido pelo médico e não consiga fazer os exames rapidamente. Facilitar o acesso a exames laboratoriais é uma forma também de estimular o retorno e garantir uma medicina de qualidade”, comenta Dr. Octavio Fernandes, vice-presidente de operações da rede.

O Labi Exames oferece uma forma única e inédita de prestação de serviços, permitindo que milhões de brasileiros possam realizar seus exames laboratoriais. Para facilitar o acesso à saúde, a rede montou check-ups laboratoriais a preços acessíveis.

Os pacientes podem fazer seus exames da forma tradicional, levando o pedido médico, ou optar entre 20 check-ups com os exames recomendados para as necessidades da população. As opções de check-ups seguem padrões internacionais e reúnem os exames laboratoriais mais solicitados pelos profissionais de saúde.

Com estrutura inteligente, foco apenas em exames laboratoriais e utilização de tecnologia para reduzir os custos operacionais, naturalmente há uma redução do custo do serviço. “Conseguimos oferecer o mesmo padrão de qualidade dos grandes laboratórios, por um custo menor, por causa da eficiência que criamos em todo o processo”, informa Barboza.

Atualmente, o Labi Exames conta com quatro investidores: Luis Terepins, primeiro investidor da companhia e presidente do conselho de administração; Marcelo Lacerda e Sylvio Alves de Barros Netto, empreendedores de empresas de tecnologia no Brasil e nos EUA; e Daniella Sasson, que também é VP de Finanças e RH da rede.

       
Publicidade

Deixe uma resposta