150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

Know-how para quem deseja investir em clínicas populares

Publicidade

Inovar, unir, somar e crescer. Essas são algumas das missões que norteiam a Rede 10 Saúde, cujo o objetivo é potencializar os resultados de clínicas médicas e odontológicas, com investimentos menores e sem as regras do sistema de franchising. Fundada em Setembro de 2017, em apenas seis meses a empresa foi contratada para implantação de 14 unidades em 7 estados brasileiros.

A experiência de Ricardo Alves em grandes empresas nas áreas de finanças, tecnologia, atendimento ao cliente e gerenciamento de projetos foram essenciais para a criação do negócio. O insight para a rede surgiu quando alguns amigos que desejavam investir no segmento de clínicas populares, mas que não queriam estar atrelados ao sistema de franquias, solicitaram ajuda para abrirem suas unidades. “Eles não detinham o conhecimento necessário sobre gestão e todas as áreas que envolveriam a criação de suas unidades”, conta Alves.

Inicialmente voltada para clínicas, à consultoria passou a atender profissionais da área da saúde para ampliar suas áreas de atuação. Até o final de 2018, a empresa pretende associar mais de 1.200 clientes e faturar R$ 6 milhões, por ano. “Consideramos um fenômeno de sucesso. Não imaginávamos que o mercado estava tão carente. Nossa meta é bem agressiva, cresceremos em 2018 mais de 200%”, diz Alves.

O empresário explica que a ideia era buscar algo diferente que, oferecesse ao médico ou empresário da área da saúde não só serviços ligados às questões de estrutura organizacional e gestão do negócio, mas também ajudá-los a aumentar a segurança, minimizar o risco de perda e, o principal, fidelizar clientes.

A empresa não funciona como franquia, e sim, como uma consultoria colaborativa para clínicas e profissionais da saúde, cujo objetivo é ajudar médicos e empresários a montar seu negócio, sem precisar pagar taxa de franquia e nem royalties, ou para aqueles que já atuam no segmento e querem criar um diferencial competitivo. Os associados à Rede 10 Saúde recebem todo suporte necessário para implantação das clínicas, sem a necessidade de ficarem presos a um contrato de longa duração e repleto de obrigações.

A linha de negócios da empresa é estruturada em fases, que vão desde a análise e escolha do ponto, passando pelo projeto da vigilância sanitária, contratação do corpo clínico até o plano de inauguração, marketing e dispensa as cobranças praticadas pelo setor de franquias. “Na nossa proposta o cliente não paga taxa de franquia, cerca de R$ 100 mil, nem royalties, cerca de 5% sobre o faturamento bruto. Considerando que uma clínica fatura cerca de R$ 200 mil mês, durante 5 anos, prazo de contrato médio para uma franquia, o cliente economiza cerca de R$ 700 mil reais em contratar a Rede 10 Saúde”, explica Ricardo.

O empresário chama a atenção para o cenário da saúde no País, que segundo ele, indica alta rentabilidade para quem deseja investir nesse tipo de negócio. “O setor de saúde pública está cada vez mais precário, seja pela falta de grandes investimentos do setor público, aliado ao envelhecimento da população e, principalmente, pela perda em larga escala dos usuários de planos de saúde. Com esse mercado cada vez mais em crise, empreender na área pode resultar em bons negócios, quando se tem um plano de negócio eficaz, além de trazer melhorias para a população”, ressalta.

A rede conta com diversos afiliados, que estão em vários Estados do Brasil, como Rio de Janeiro, São Paulo, Parana, Bahia, Minas Gerais, Sergipe, Goias, entre outros. Segundo Vinicius Yoshio Yassutake, empresário da clínica popular Sua Consulta, uma das afiliadas da Rede 10 Saúde, que decidiu se associar à empresa, pelo conhecimento e suporte da rede, que foram essenciais para a implantação de sua unidade. “A expertise no segmento e, principalmente, com a gestão do negócio, me trouxe maior segurança para empreender”, completa.

       
Publicidade

Deixe uma resposta