✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Instituto Simutec amplia portfólio de treinamentos com simuladores e realidade virtual

Publicidade

A simulação com uso da realidade virtual está transformando o treinamento médico, desde a graduação até a conclusão da residência, sobretudo no campo das cirurgias e dos procedimentos minimamente invasivos. Universidades, hospitais e associações médicas investem nas novas tecnologias para qualificar seus profissionais e garantir a excelência no atendimento aos pacientes.

O Instituto Simutec acompanha o crescimento da área e comemora ampliação de cerca de 50% no portfólio de cursos oferecidos em Porto Alegre. O crescimento é resultado de investimento da ordem de R$ 1 milhão em novos equipamentos efetivado ao longo do ano passado, quando entraram em operação os simuladores de Artroscopia, Ultrassonografia Avançada e o Lap Mentor III – exclusivo simulador de videolaparoscopia dotado de óculos de realidade aumentada.

Pioneira no segmento na Região Sul, a empresa hoje conta com oito tipos diferentes de simuladores com realidade virtual, além das caixas brancas, oferecendo a possibilidade inédita de treinar 47 diferentes tipos de procedimentos em cirurgia, do nível básico ao mais avançado, sobre os 32 que eram oferecidos no ano anterior.

Nos primeiros meses de 2018, o instituto anunciou o novo coordenador médico. O Prof. Dr. Miguel Prestes Nácul, cirurgião geral e especialista em cirurgia do Aparelho Digestivo, além de ser Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (CBCD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica (SOBRACIL), assume o posto no ano em que a empresa comemora quatro anos de atividades em Porto Alegre.

Outra novidade foi a renovação da licença de utilização do exclusivo sistema MentorLearn – ferramenta usada para gerenciar os diferentes tipos de equipamentos disponíveis, programar os treinamentos e medir o desempenho dos alunos. O sistema foi ativado por mais de 1.500 usuários, registrando mais de 23.000 horas de utilização, desde a inauguração do instituto na capital gaúcha, em 2014.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta