🚀 HIS18 Já conferiu os primeiros palestrantes do HIS? Já são mais de 15! CLIQUE AQUI

Indenização para vítimas de talidomida

Publicidade

Vítimas do remédio talidomida podem receber indenização por danos morais do governo federal. O medicamento é indicado para reações à hanseníase, mas quando utilizado por gestantes, é capaz de causar malformação nas pernas e braços de bebês. O Brasil é líder na distribuição pública da talidomida no mundo, motivado principalmente pelo grande número de pacientes com hanseníase, segundo lugar no mundo. Sendo que o Nordeste do País é o triste líder nos casos de malformação em bebês, 4,8 a cada 10 mil nascimentos, entre 2000 e 2006 ? contra 2,17 registrados no Sul.
Um projeto do senador Tião Viana (PT-AC), que determina uma pensão por danos morais as vítimas do medicamento que vai de R$ 50 mil a R$ 400 mil, foi aprovado na última semana pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara. A próxima etapa é passar pela Comissão de Constituição e Justiça. Mas a dificuldade será em determinar da onde virá o dinheiro. 
Até o momento, somente vítimas da talidomida recebem auxílio por danos físicos, previsto na lei federal de 1982. Enquanto isso, o medicamento, que também pode ser usado em casos de lúpus, alguns tipos de câncer e sintomas da aids, segue controlado pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

       
Publicidade

Deixe uma resposta