✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Hospital Pequeno Príncipe vence Prêmio Latino-Americano de Excelência em Higienização das Mãos, promovido pela OMS

Publicidade

Depois de passar por uma rigorosa avaliação presencial dos representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba-PR, foi o vencedor do Prêmio Latino-Americano de Excelência em Higienização das Mãos. O resultado, divulgado na tarde dessa quarta-feira, dia 12, representa a importância que o maior hospital pediátrico do país destina a essa cultura, que é uma das ações fundamentais no combate a infecção hospitalar. O prêmio é uma iniciativa do Centro de Colaboração da OMS sobre segurança do Paciente.

Segundo a OMS, cerca de 16 milhões de pessoas no mundo morrem em consequência de infecções hospitalares anualmente. O Pequeno Príncipe, que sempre trabalhou na cultura da higiene das mãos, tem intensificado as ações de conscientização com os colaboradores, pacientes e também seus familiares, por meio de campanhas, materiais educativos, audiovisuais, cartazes, fôlderes, flyers, concursos culturais e até implantação do “Dia da Higiene das Mãos do Hospital Pequeno Príncipe” (20 de novembro) em 2014. Essas ações foram apontadas como diferenciais pela comissão julgadora.

Os resultados dessas ações são notados ano após ano. O consumo de álcool nas Unidades de Terapia Intensiva do hospital (UTIs), por exemplo, aumentou em 400 litros de 2014 a 2016. Associado a isso, no mesmo período teve redução de cerca de 50% no número de infecções relacionadas aos cateteres, que é um importante indicador de qualidade, especialmente em hospitais de média e alta complexidade, como o Pequeno Príncipe.

Para a coordenadora do Serviço de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar, a pediatra Heloisa Giamberardino, o prêmio impulsiona a instituição e seus colaboradores a continuarem avançando na estratégia de higiene das mãos. “É um prêmio consagrado que endossa uma das principais ações de prevenção das infecções relacionadas à assistência, e receber este reconhecimento comprova que o Pequeno Príncipe adota as boas práticas para a prevenção das infecções relacionadas à assistência em saúde. A cultura da higiene das mãos está implementada entre todas as equipes e, por isso, esse prêmio é de toda a instituição, visando sempre e cada vez mais a segurança do nosso paciente”, comemora.

Sobre o Prêmio

A campanha global anual “SAVE LIVES: Clean Your Hands” (“SALVE VIDAS: limpe as suas mãos”) foi iniciada em 2009 pela OMS e é uma extensão natural do programa “Clean Care is Safer Care” (“Cuidado Limpo é Cuidado mais Seguro”). O Prêmio tem como objetivo identificar e reconhecer as instituições que demonstram excelência nos cuidados de saúde, além da preocupação em garantir a segurança dos pacientes, por meio da implementação da estratégia mundial da OMS para a melhoria da higienização das mãos. Os vencedores do prêmio se reunirão no dia 7 de novembro de 2018, no XVI Congresso Brasileiro de Controle de Infecção e Epidemiologia Hospitalar, e terão um momento de apresentação das ações implementadas nas instituições premiadas.

Sobre o Pequeno Príncipe

Há 99 anos, o Pequeno Príncipe cuida da saúde das crianças e adolescentes de todo o Brasil. É o maior hospital pediátrico do país e está localizado em Curitiba. São 370 leitos, sendo 60 de UTI. Por ano, realiza 305 mil atendimentos ambulatoriais, mais de 22 mil internações e 20 mil cirurgias. Além disso, destina 70% da sua capacidade de atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

É referência em 32 especialidades médicas – como Cardiologia, Ortopedia, Cirurgia Pediátrica, Nefrologia, Oncologia e Transplante de Medula Óssea (TMO).

Um conjunto de programas agrega ao cuidado integral em saúde a perspectiva de garantia dos direitos fundamentais. Entre eles, a inclusão de educação e cultura e ações organizadas de voluntários, garantindo equidade a todas as crianças e suas famílias.

       
Publicidade

Deixe uma resposta