✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Hospital de Volta Redonda é destaque na Hospitalar

Publicidade

Entre os dias 22 a 25 de maio representantes do Hospital Unimed Volta Redonda estarão presentes na Feira Hospitalar, em São Paulo. Isso porque a unidade foi convidada a compartilhar sua experiência enquanto hospital digital, após a conquista da certificação grau sete da HIMSS (Healthcare Information and Management Systems Society). O reconhecimento indica que o Hospital aplica o mais alto nível de tecnologia de informação e mecanismos de segurança para fornecer os melhores cuidados aos seus clientes.

Na programação da Feira estão previstas diversas atrações entre elas a HIMSS@Hospitalar 2018 que será palco de conferências e debates entre representantes internacionais e nacionais do setor de saúde. Contará também com a exposição de cases e discussões sobre as principais tecnologias de informação e comunicação em saúde que estão fazendo a diferença para o segmento ao redor do mundo.

“É um orgulho dividir a nossa história com a HIMSS em um evento que fomenta inovação, compartilhamento de ideias e soluções que contribuam para o futuro da saúde.   Nós acreditamos que por meio da tecnologia é possível melhorar a saúde e sobretudo, a qualidade no atendimento as pessoas. Esse tem sido nosso compromisso desde a inauguração do Hospital Unimed Volta Redonda em 2010”, destacou o presidente da unidade, Dr. Luiz Paulo Tostes Coimbra. A unidade hospitalar é a terceira na América Latina a obter a certificação HIMSS, no nível 7. Já no Brasil é o segundo hospital a conquistar o título.

 

Investimentos em segurança e informatização

Entre as principais ações realizadas no Hospital Unimed Volta Redonda para alcançar o estágio de hospital digital, preconizado pela HIMSS, está a adoção do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), desde a sua fundação. Checagem à beira-leito por meio de um sistema que funciona com o apoio de dispositivos móveis (notebook e all in one) que possuem leitores com códigos de barras. Assim, médicos e enfermeiros conseguem ter acesso compartilhado e em tempo real ao prontuário do paciente, garantindo ainda mais eficiência a checagem assistencial. A implantação da unitarização de doses, prática responsável por aperfeiçoar a distribuição de medicamentos, garantindo também a qualidade do produto até o momento da administração no paciente. Implantação de protocolos automatizados e com apoio a decisão clínica, como de Dor Torácica, AVC Isquêmico e Pneumonia. Com isso, a conduta médica e de enfermagem é padronizada e todas as informações do paciente ficam disponibilizas no sistema de forma completa. Outro ponto de destaque na auditoria feita pela HIMMS foi o Plano de Contingência criado pelo Hospital e utilizado em caso de queda de sistema. O objetivo é garantir a continuidade da assistência ao paciente, prezando sempre pela segurança.

       
Publicidade

Deixe uma resposta