150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

Hospital Costantini comemora 20º aniversário

Publicidade

Completando duas décadas de atuação, instituição paranaense é referência em cardiologia 

O Hospital Cardiológico Costantini está completando 20 anos neste mês de maio (26/05). Recebendo mensalmente cerca de 15 mil pacientes, vindos de vários cantos do Brasil, é hoje referência na América Latina em serviços de cardiologia, tendo como foco a realização de procedimentos menos invasivos, como as angioplastias coronarianas.

Para o diretor e fundador do hospital, o médico cardiologista Costantino Costantini, há muitos motivos para comemorar o trabalho de duas décadas. Ele ressalta que, segundo seu mestre, o professor Luiz Veneri Décourt, a Medicina somente é possível pelo tripé ensino, educação continuada e pesquisa. “Consegui transformar essa teoria em prática nestes 20 anos de Hospital, acreditando fortemente que foi esse tripé que nos propiciou o crescimento sustentável”, avalia.

Ensino

O Hospital Costantini mantém, desde 2003, um programa de Residência Médica sob a chancela do Ministério da Educação, além do programa de Especialização sob a chancela da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Oferece ao médico residente/especializando, um parque tecnológico diversificado e moderno que somado à expertise de sua equipe médica propiciam uma formação científica, humana e assistencial de alto nível. Até o momento já passaram pelos programas mais de 50 profissionais médicos.

Educação Continuada

Na área científica, além dos 52 seminários nacionais realizados em suas dependências, o Hospital Costantini promove, há 18 anos, o Simpósio Internacional de Cardiologia Intervencionista (Cardiointerv), que já soma cerca de 5 mil ouvintes médicos de vários países. O evento, com transmissão de casos ao vivo, contou com a participação de especialistas internacionais de renome, como Gary Mints, Gregg Stone, Jonathan Tobis, Eulógio Garcia, Martin Leon, Ron Waksmam, Ziyad Hijazi. A edição deste ano será realizada nos dias 29 e 30 de novembro.

Pesquisa

No Hospital Costantini também foram desenvolvidos inúmeros trabalhos científicos nacionais e internacionais, que contribuíram para avanços na cardiologia. “Por isso tudo, continuaremos apostando na nossa idoneidade humana e acreditando que sim, podemos usar o desenvolvimento continuado para nos tornarmos melhores, usar o ensino como transferência de conhecimento e manutenção do capital intelectual e a pesquisa como fonte inexorável de coragem para pensar diferente em todos os dias de nossa existência”, diz Costantini.

Tecnologia

Além do tripé .o hospital sempre esteve na vanguarda tecnológica. Exemplo disso, desde o ano passado, o Hospital Costantini conta com os equipamentos mais modernos da América Latina em Hemodinâmica, área importante da cardiologia intervencionista que permite o diagnóstico, mapeamento e tratamento de eventos cardiovasculares. Eles são equipados com softwares específicos para exames cardiológicos e com melhor definição da imagem, permitindo um diagnóstico mais preciso e a redução de até 98% na exposição do paciente e dos médicos à radiação.

Ainda em 2017, o hospital ampliou o serviço de medicina nuclear. Atualmente, é o único do Paraná com o serviço de cintilografia do miocárdio dentro de suas instalações. Mais um avanço na precisão de diagnósticos e na diminuição do tempo de espera no agendamento de exames de cintilografia miocárdica, que passou de até 15 dias, para no máximo 4 dias. Em casos de emergência, é possível realizar em até 24h.

O Futebol e a Medicina Esportiva

A trajetória pessoal e profissional do médico Costantini sempre esteve ligada à qualidade de vida e ao esporte, principalmente o futebol. Como novidade mais recente, será lançada em breve no hospital um serviço voltado a atletas profissionais e amadores, composto por uma equipe especializada. Em 2010, foi no Hospital Costantini que a seleção brasileira de futebol fez seus exames de aptidão para a Copa do Mundo.

Caminhada do Coração

O Hospital realiza, desde 2005 em Curitiba, a Caminhada do Coração, uma das maiores do sul do Brasil em prol da saúde. O foco é conscientizar a população sobre a importância da atividade física realizada sob orientação multiprofissional e como ela pode ser determinante para prevenir doenças cardiovasculares.

A atividade, que este ano chega em sua 14ª edição, é gratuita e não precisa de inscrição. Além de fazerem o já tradicional percurso do evento, das proximidades Praça do Japão ao Parque Barigui, os participantes recebem dicas de cuidados com a saúde do coração durante todo o trajeto.

Premiações e certificações

Já em seu ano de fundação, o hospital recebeu a certificação da American Heart Association, como a Primeira Central de Dor no Peito do Paraná. Entre as diversas premiações, em 2013 conquistou o Prêmio SBC – Ciência e Tecnologia da Sociedade Brasileira de Cardiologia, sendo o primeiro hospital paranaense a receber uma honraria por sua contribuição científica e tecnológica à cardiologia no País.

Em 2012 o Hospital recebeu a Acreditação ONA – Qualidade com nível 3 de excelência. Esta certificação serve como parâmetro par o desenvolvimento de boas práticas na área de saúde no Brasil e tem validade em todo o território nacional.

O cardiologista Costantino Costantini

O médico cardiologista e hemodinamicista Costantino Costanini realizou, em 1979, a primeira angioplastia da América Latina e frequentemente é convidado para eventos científicos em todo o mundo para demonstrar sua experiência e pioneirismo.

“Chegamos aos 20 anos de nosso hospital com muito esforço, dedicação e com um grupo de médicos e funcionários que sempre acreditaram e continuam firmes fazendo do coração das pessoas, a nossa vida. Embora nem todos os que por aqui passaram tenham entendido nossos pilares, preferindo seguir em seus objetivos pessoais, muitos compraram essa ideia e, apesar de todas as dificuldades, continuamos embalados no sonho desse hospital”, conclui Constantini.

       
Publicidade

Deixe uma resposta