✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Hospital Alemão Oswaldo Cruz investe cerca de US$ 2 milhões em novo equipamento de radioterapia

Publicidade

Instituição é pioneira no Brasil a adquirir esta tecnologia

 O Hospital Alemão Oswaldo Cruz é o primeiro hospital brasileiro a adquirir o HalcyonTM, um novo acelerador linear de partículas que une a tecnologia mais moderna de irradiação, IMRT em arco rápido (IMRT-VMAT), com a técnica mais precisa de localização diária, o IGRT, ou radioterapia guiada por imagem. Para entregar um tratamento cada vez mais eficiente aos pacientes oncológicos, o Hospital investiu cerca de US$ 2 milhões na compra do novo equipamento. “Ele proporciona a mais avançada tecnologia e o melhor tratamento disponível na atualidade a todo paciente atendido”, afirma Rodrigo Hanriot, coordenador da radioterapia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

O diferencial deste equipamento é a obrigatoriedade de tratamento com IMRT/IGRT em toda aplicação, sem existir a possibilidade de utilizar uma tecnologia mais simples. O novo acelerador linear também disponibiliza um fluxo de trabalho mais otimizado, por reduzir o processo de irradiação de 31 para somente nove etapas. Todos esses passos são realizados em apenas um minuto, com ganho de quatro a sete minutos em relação às tecnologias atuais, para cada paciente.

Por ser mais ágil, o tempo de duração de cada radioterapia é reduzido para no máximo oito minutos (contra 12 e 25 minutos dos acelerados existentes). Isto permite tratar até 50% mais pessoas por hora de tratamento, com mais conforto e tolerância pelos pacientes. A nova máquina é mais silenciosa e tem iluminação ambiente integrada, que é customizável.

“É possível ampliar a capacidade de atendimento com essa tecnologia nova e segura. Em 1972, fomos o primeiro hospital na América Latina a instalar um acelerador linear. Temos tradição em alinhar inovação, pioneirismo e excelência no tratamento irradiante”, afirma Hanriot.

       
Publicidade

Deixe uma resposta