✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Hermes Pardini lança maior planta de automação laboratorial do mundo

Publicidade

Empresa inovadora na área de Saúde, o Grupo Pardini assinou contrato com a Siemens Healthineers para dar andamento à segunda fase de um projeto de tecnologia de ponta que remodelará o mercado de Medicina Diagnóstica no Brasil. Do ponto de vista empresarial, os ganhos são muitos, destacando-se redução de custos, aumento da produtividade e da lucratividade.

Próximo de completar 60 anos, em 2019, o Grupo Hermes Pardini lança o projeto mais ousado de sua história: o Enterprise, maior plataforma de automação laboratorial do mundo e que tem a Siemens Healthineers, como principal fornecedora de soluções. Inédita no mercado foi planejada pela equipe do Pardini e detalhada com a participação dos principais fornecedores de equipamentos do mundo.

No Núcleo Técnico Operacional (NTO) do Grupo, em Vespasiano (MG), o nível de automação projetado permitirá aumentar de 46% para 82% a proporção de resultados processados em menos de seis horas. Utilizando a mesma área útil do parque produtivo atual, as novas máquinas e o inovador fluxo produtivo farão dobrar a capacidade potencial, atualmente de 83 milhões de exames/ano. “Queremos ser o laboratório de referência mais rápido e eficiente do Brasil”, afirma o Presidente-Executivo do Grupo Pardini, Roberto Santoro.

A nova plataforma abrigará a primeira esteira high throughput do Brasil, com 330 metros de comprimento, para distribuição automática dos tubos de amostras para os equipamentos de acordo com a especificidade dos exames prescritos pelos médicos. Essa mudança permitirá a redução do tempo de separação e encaminhamento das amostras. Novas sorotecas automatizadas possibilitarão que novos exames sejam incluídos ou repetidos durante o processamento das amostras, bastando para isso um simples comando eletrônico.

Uma sala de controle solução exclusiva da Siemens Healthineers, fará o monitoramento do processo produtivo em unidades do Grupo situadas em São Paulo, Goiânia, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. No atendimento direto aos seus 5,7 mil laboratórios parceiros, o Grupo Pardini colocará em operação o Apoio Digital, um canal único através do qual será possível acessar o sistema da Companhia para interagir e buscar, online, informações técnicas, financeiras e administrativas, além do completo rastreamento dos exames enviados para processamento. Dessa forma, um laboratório que precisar saber em que fase de produção se encontram seus exames, terá a informação imediata, com total rastreabilidade. O médico que desejar debater determinado laudo poderá acessar a equipe técnica do Hermes Pardini com a mesma rapidez.

O projeto Enterprise envolve, ainda, uma inédita relação comercial com fornecedores no mercado brasileiro. Baseado fortemente na confiança como valor, o novo modelo transferirá à Siemens Healthineers a responsabilidade por manter dentro do Núcleo Técnico Operacional, em Vespasiano, um almoxarifado de reagentes e equipamentos. O acordo entre as duas empresas resultará em redução de pelo menos 50% no estoque de materiais e reagentes mantido na planta do laboratório. O contrato cria outra novidade, a remuneração por teste reportado, ou seja, o fornecedor será remunerado de acordo com o volume de testes efetivamente realizados, o que cria incentivos para que ambas as empresas busquem alternativas para reduzir índices de retrabalho e desperdício de matéria-prima. A parceria, portanto, estará comprometida com a busca permanente de ganhos de produtividade.

Inovação a serviço da saúde do paciente

“O Enterprise antecipa o futuro da Medicina Diagnóstica. Mais uma vez, saímos na frente neste mercado”, afirma Roberto Santoro, lembrando que o Hermes Pardini foi pioneiro no Brasil na montagem de um parque automatizado, em grandes proporções, há 9 anos. Para ele, não basta mais apenas realizar exames e apresentar resultados. “O Grupo Pardini está se transformando numa plataforma de geração de informações clínicas estratégicas para médicos e pacientes, em todo o território nacional. As decisões médicas, desta forma, terão subsídios muito mais precisos e confiáveis”, destaca.

       
Publicidade

Deixe uma resposta