✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Evento em São Paulo abordará saúde e medicina corporativa

Publicidade

Subsidiado pela ABPRH (Associação Brasileira dos Profissionais de Recursos Humanos), antiga AAPSA (Associação dos Administradores de Pessoal de Santo Amaro,) acontece no próximo dia 13 de setembro, no Hospital Edmundo Vasconcelos, em São Paulo, o Fórum de Saúde & Medicina Corporativa, com apresentação e discussão de novos modelos de gestão que buscam ir além do controle de custos. O tema de 2018 será “O RH como protagonista da gestão de saúde” e visa enfatizar que todos são responsáveis por influenciar pessoas de forma positiva.
Com a proposta de oferecer aos congressistas trocas de experiências e alternativas para a solução dos desafios na gestão da saúde corporativa, as apresentações e os estudos de casos permitirão um maior engajamento na assimilação dos conteúdos, de modo que os profissionais de RH possam realizar uma gestão estratégica e efetiva dos serviços de saúde da empresa e impactar positivamente o bem-estar dos colaboradores.

Abrindo as atividades de um dia inteiro de palestras, Milva G. Santos Pagano, presidente executiva da ABPRH e advogada responsável pela área de saúde do Pinhão e Koiffman Advogados, irá moderar a conversa “Ampliando a participação dos empregadores no debate regulatório”. O diretor-presidente substituto da ANS (Agência Nacional da Saúde), Daniel Pereira, será um dos convidados para falar sobre “A missão da agência em engajar os empregadores”, abordando não só o incentivo à competição como forma de melhorar a relação entre custo e benefício, mas também exemplos internacionais de autogestão.

O primeiro painel seguirá no comando do convidado Alexandre Toscano, gerente de saúde ocupacional da Pirelli e membro do grupo técnico de saúde corporativa da CNI, com o mote “Os empregadores no protagonismo da gestão integrada em saúde: o caso CNI”. Durante o encontro, ele vai mostrar estudos de ROL de procedimentos, bem como explanar sobre a gestão baseada em valor e a participação nas Câmaras da ANS.

A programação inclui uma série de palestras, apresentações de casos e encenações com convidados de renome. O assunto “Boas práticas de negociação e gestão que podem parametrizar aspectos regulatórios”, por exemplo, traz as considerações de profissionais como Tânia Moura, Vice-Presidente Executiva da ABPRH e José Antonio Coelho Júnior, Coordenador de Gestão de Pessoas, do Grupo CCR. No terceiro painel, a “Gestão de saúde corporativa como aliada para redução de custos e sustentabilidade do benefício” será discutida com a moderação do Prof. Alberto Ogata, da FGV. Durante esta etapa, os participantes poderão entender estudos de casos e análises sobre redução de desperdícios trazidos por gestores da Comgás, do Grupo Suzano de Papel e Celulose, Qualirede e do Grupo Marista.

Durante o quarto painel, Tania Machado, VP de Eventos da ABPRH, CEO e Fundadora, do TM Jobs e Business Club Healthcare, vai moderar o debate de “Boas práticas em gestão de saúde populacional”. Já Leonardo Piovesan Mendonça, coordenador de saúde ocupacional do Hospital Alemão, trará ao diálogo o impacto da atenção primária. Outros nomes, como Iza Lopes Vazquez, especialista de Saúde Global, da BRF; Alexander Buarque Costa Cardoso, gerente Médico do Trabalho, da APMT/Abbot e Gracia Fragalá, diretora do Comitê de Responsabilidade Social da FIESP também estarão nessa rodada.

O quinto painel traz o tópico “Tecnologias aliadas do RH para a gestão de saúde corporativa”, na presença de Andreia Nunes, Head de RH, da Unimed Natal; Miriam Branco da Cunha, Diretora Executiva de Recursos Humanos, da SBIB Albert Einstein; Debora Yumi Lopes Dias Fukino, médica do trabalho da Gerdau; e Guilherme Salgado, head de desenvolvimento de negócios e sócio da Kunumi Artificial. A transformação digital, exemplos de uso de plataforma de gerenciamento de saúde populacional e os riscos e benefícios da inteligência artificial serão debatidos por profissionais de peso.

O evento será finalizado com uma palestra motivacional. O objetivo é provocar a reflexão dos participantes, tornando-os mais capazes de inspirar e motivar suas equipes para conquistas e resultados traçados. Todos os painéis terão sessões de perguntas e respostas ao final.

       
Publicidade

Deixe uma resposta