✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Einstein inaugura Centro de Medicina Personalizada

Publicidade

Com o objetivo de ampliar o acesso a ferramentas de ponta e que permitam prevenção, diagnósticos e tratamentos mais precisos, a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein acaba de inaugurar o primeiro Centro de Medicina Personalizada em um hospital na América Latina.

O novo espaço foi criado a partir da conjunção do centro de aconselhamento genético do Einstein junto à Genomika Einstein e às parcerias estratégicas com áreas clínicas do hospital, que permitirão uma melhor assistência aos pacientes que procurarem o serviço.

“Atualmente, o uso da genética é capaz de melhorar a precisão do diagnóstico de doenças graves e complexas. Além do mais, possibilita um direcionamento mais assertivo de prevenção e na individualização do tratamento”, afirma Dr. João Bosco Oliveira, imunologista e diretor técnico e executivo da Genomika Einstein.

Formado por um laboratório genético de ponta, um grupo de geneticistas altamente capacitados e uma área de bioinformática e TI responsável pela análise de dados, o Centro é capaz de fornecer suporte para diferentes especialidades clínicas, como doenças raras, neurologia e oncologia. “Somos o primeiro hospital brasileiro que faz parte da Personalized Medicine Coalition, o que nos permite oferecer um serviço de qualidade para doenças que tenham qualquer cunho genético”, reforça Bosco.

Entre os exames oferecidos estão ferramentas para detecção de origem de malformações congênitas, diagnóstico de doenças raras, indicação de medicamentos para o tratamento oncológico e detecção de risco hereditário de câncer.

Além de assistência, o objetivo do Centro também é promover um programa de educação médica com ciclos de palestras mensais integradas a projetos externos e fomentar a pesquisa, buscando parcerias na área de medicina personalizada.

O Centro é aberto para qualquer paciente que procure o serviço de genética do Einstein. Em 2013, uma norma da Agência Nacional de Saúde Suplementar ampliou a cobertura obrigatória, dando mais acesso a milhões de usuários de planos individuais e coletivos aos exames genéticos.

       
Publicidade

Deixe uma resposta