✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Confira o ranking das farmacêuticas mais valorizadas pelo brasileiro

Publicidade

Entenda porque Roche, Pfizer, Bristol Myers Squibb, Eurofarma e Libbs foram escolhidas como as melhores do setor por seus públicos, segundo estudo da consultoria DOM Strategy Partners

A consultoria nacional DOM Strategy Partners divulgou o resultado da 5ª edição do ranking “Mais Valor Produzido – Farmacêutico”. A lista traz as cinco melhores empresas do setor sob a ótica de um grupo de 3850 pessoas, formado por consumidores, acionistas, funcionários e fornecedores, que deram nota de 0 a 10 para as farmacêuticas que mais geram e entregam valor tangível e intangível aos seus públicos.

O ponto de partida para o levantamento foi a análise das 1000 maiores empresas, segundo anuários publicados, além de pesquisas, relatórios setoriais e matérias jornalísticas que são produzidos pelas principais associações, editoras, institutos de pesquisa e organizações do mercado de autos. Para chegar no resultado final, a DOM Strategy Partners avaliou itens como eficácia da estratégia corporativa, crescimento, valor de marca, relacionamento com clientes, governança, sustentabilidade, gestão de talentos, inovação, uso de tecnologias digitais, entre outros mais de 60 critérios.

Após interações de 10 meses com os stakeholders, o resultado aponta a Roche como a farmacêutica melhor avaliada pelos seus agentes internos e externos com nota 8,23, enquanto a operação brasileira da Pfizer ficou em segundo lugar com 8,05. Já a Bristol Myers Squibb obteve pontuação de 8,04. A Eurofarma conquistou 8,03 e a Libbs 8,01 pontos.

“Mais do que a criação de novos medicamentos, a pesquisa MVP mede a reputação das farmacêuticas no que tange à entrega e à geração de valores tangíveis e intangíveis aos seus diferentes públicos combinados com alta performance competitiva”, explica Daniel Domeneghetti, coordenador do ranking “Mais Valor Produzido – Farmacêutica” e CEO da DOM Strategy Partners.

Como novidade do tradicional estudo, neste ano a consultoria passou a avaliar as empresas mais disruptivas dos segmentos farmacêutico e, neste primeiro ano, quem lidera é a Silvestre Labs. O principal motivador para a organização estar na liderança entre as mais inovadoras foi a linha de negócio da companhia, baseada em uma nova forma de vender e de ser performar dentro do seu segmento de atuação.

 Abaixo a tabela de pontuação comparada com a edição anterior.

 

MVP – Farmacêutico
5ª edição
Nota MVP – Farmacêutico
4ª edição
Nota
Roche 8,23 Pfizer 8,07
Pfizer 8,05 Roche 8,03
Bristol Myers Squibb 8,04 Novartis 8,01
Eurofarma 8,03 Libb’s 7,99
Libbs 8,01 Sanofi Aventis 7,71
Disruptiva:
Silvestre Labs
7,67
       
Publicidade

Deixe uma resposta