🚀 HIS18 Já conferiu os primeiros palestrantes do HIS? Já são mais de 15! CLIQUE AQUI

Biocam e Genesis: soluções em Inteligência Artificial (IoT)

Publicidade

A Biocam Equipamento Médico Hospitalar e a Genesis – empresa de sistemas de inteligência artificial com soluções de Sistemas de Engenharia cognitiva em nuvem e foco na saúde –, instaladas em Campinas (SP), estarão juntas na Hospitalar 2018, a maior feira de negócios do setor, que acontecerá entre os dias 22 e 25 de maio, no Center Norte, em São Paulo. Em dois estantes, as duas companhias, parceiras em vários projetos, apresentarão aos visitantes seus produtos e sistemas de última geração, criados com tecnologia de Inteligência Artificial (IoT).

KONEK Inteligence é um dos produtos que a Biocam e Genesis estarão apresentando na Hospitalar 2018. Voltado para a linha de inteligência, o KONEK Inteligence são painéis para beira de leito, utilizando a tecnologia Criquet, permitindo identificar remotamente e em tempo real equipamentos os equipamentos em uso. Além disso, este sistema também permite saber qual o consumo de energia elétrica e de gases medicinais que está sendo utilizado.

Outra função do KONEK Inteligence é monitorar cada chamada que o paciente ou acompanhante fez para a enfermeira, através do sistema de chamada de enfermeira NEAT. Todos esses dados são integrados no Genesis, um software de gestão de engenharia clínica que conta com a Inteligência Artificial da GEN, uma plataforma da IBM Watson. Atualmente, monitores multi paramétricos da Prolife já estão integrados na IA da GEN, fornecendo informações em tempo real dos parâmetros fisiológicos do paciente.

IVigilant, utilizado com o software de Engenharia e Gestão Genesis, é um aparelho de monitoramento remoto e autônomo do edifício hospitalar. Utilizando tecnologias como Cloud e o IBM Watson, o IVigilant faz todo o trabalho de monitoramento de redes de gases medicinais, temperaturas, presença, luminosidade, fumaça, poeira e mais 10 parâmetros físicos, de forma assertiva. Com o IVigilant, o usuário passa a ter uma central de controle, recebendo alertas em tempo real por e-mail e pelo SMS.

IVigilant também permite às equipes técnicas e médicas controlar a temperatura do ambiente, do ar-condicionado e da energia do ambiente, além de evitar a entrada de poeira no ambiente, mantendo a sala limpa e fora de riscos. Atualmente, este equipamento está em operação em vários hospitais do Brasil, dentre eles o Instituto do Coração (Incor), na versão IVigilant-V (que controla temperatura e abertura de portas das câmaras de conservação de amostras laboratoriais e tecidos humanos), no Centro de Pesquisa Prof. Dr. Fúlvio Pileggi e no Centro de Atenção Integral  à Saúde da Mulher (CAISM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com o modelo IVigilant-P, para controle de gases medicinais.

Outro equipamento que o público poderá ver de perto é o Atria, desenvolvido para realizar Gestão de chamadas entre paciente e enfermeira. Com o Atria, o hospital consegue melhorar a comunicação, através de conexão integrada sem fio, com solução visual e comunicação viva voz por tecnologia VOIP (voz sobre IP). Através do monitoramento de cada chamada e da visita de cada colaborador no leito é possível melhorar a gestão de leitos, evitar desperdícios e atender os padrões nacionais e internacionais de qualidade, exigidos pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e JCI Joint Commission International, que são organismos de acreditação do sistema de qualidade dos hospitais. 

Ainda seguindo o desenvolvimento de IoT (sigla em inglês para internet das coisas), a Biocam vai apresentar a solução Criquet Beacon e Criquet RFID, que rodam com o sistema GenesisOs beacons são pequenos dispositivos IoT, com tecnologia BLE (bluetooth low energy) que, entre outras funcionalidades, permitem compor soluções de localização em tempo real de equipamentos e pessoas em ambientes internos a um custo acessível. Os dispositivos são colocados nos equipamentos médicos ou em crachás ativos e enviam os sinais para leitores (antenas IoT) instalados nas dependências internas do estabelecimento. 

Esta nova tecnologia, já em uso pela Santa Casa de Valinhos de forma integrada ao Sistema de Engenharia Cognitiva Genesis, permite aos médicos e gestores identificarem, em tempo real, qual o estoque de cada produto e onde se encontra cada equipamento – patrimônio – dentro da instituição hospitalar. Com isso, o hospital ganha tempo na localização dos aparelhos e reduz desperdício, uma meta cada vez mais necessária para uma gestão eficiente.

O Sico2 – Sistema de Insuflação de CO2 é um equipamento utilizado em exames de colonoscopia e gastroplastia. O CO2 (dióxido de carbono) possui fácil absorção pelos tecidos internos do organismo. O Sico2 tem a vantagem de diminuir o desconforto pós-exame, de 24h para duas horas. Para os hospitais e clínicas médicas, este aparelho otimiza o tempo do paciente na recuperação pós-exame, reduzindo filas e aumentando a realização de exames em menor tempo.

Válvula Max-V Plus é utilizada para regulação de gases medicinais dentro dos hospitais. Trata-se de um exclusivo sistema de fechamento rápido, com leitura a distancia, com capa emborrachada e ideal para uso em posto com fluxo acima de 200l/min.

A Biocam Equipamento Médico Hospitalar ocupara o estande da Associação de Fornecedores de Saúde (AFS) na Rua 13 – 70 Verde, com seus equipamentos de infraestrutura Hospitalar. No espaço reservado para tecnologia hospitalar, na Rua 20-71 Vermelho, a Biocam e a Genesis estarão expondo o Sistema Genesis com Inteligência Artificial um sistema totalmente cognitivo integrado com os dispositivos IoT (internet das coisas) da Biocam.  Neste espaço o visitante poderá interagir com o Criquet Beacon,  e conhecer sua funcionalidade.

Palestras sobre Internet das Coisas e Inteligência Artificial

A aplicação da Internet das Coisas (IoT) e da Inteligência Artificial (IA) vem se consolidando cada vez mais no meio hospitalar. Suas aplicações em hospitais e clínicas têm revolucionado este segmento, provocando grandes transformações no gerenciamento de produtos, serviços e material humano, além da modernização, agilidade e redução de custos para seus usuários.

E para mostrar, na prática, como andam estas transformações, a Biocam Equipamento Médico Hospitalar e a Genesis – empresa de sistemas de inteligência artificial com soluções de Sistemas de Engenharia cognitiva em nuvem e foco na saúde – convidaram dois especialistas nestes temas para palestras durante a Hospitalar 2018: o professor aposentado da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Saide Jorge Calil, e o Coordenador de Engenharia Clínica na Beneficência Portuguesa de SP, Milton Colontonio Junior.

Na quarta-feira, dia 23 de maio, no Espaço Health 3D, no Pavilhão Vermelho, entre as ruas 17 e 20, das 13h às 13h20, Saide Calil falará sobre “Engenharia Clínica e suas Responsabilidades”, Ao longo de 40 anos, a Engenharia Clínica como área de conhecimento, vem se mostrando dentro da Engenharia Biomédica como a profissão do futuro. Diretamente ligada à evolução das tecnologias hospitalares, a sua aplicação, nos novos modelos denominados Hospitais 4.0, exigindo profissionais multidisciplinares, capazes de prover soluções aos mais diversos problemas.

Na sequência, ele fará uma palestra voltada para mais de 200 engenheiros convidados. Como professor titular aposentado da Unicamp, com 38 anos de experiência na área de Engenharia Biomédica com ênfase em Engenharia Clínica e atuando em temas como Gerenciamento de Riscos, Gerenciamento de Equipamentos Médico-Hospitalares, Gerenciamento Financeiro, Avaliação de Tecnologias em Saúde, Calil abordará a importância da evolução da IoT e IA nos meios da saúde.

No dia 25, das 14h20 às 14h30, no Espaço Health Connection, será a vez do Coordenador de Engenharia Clínica na Beneficência Portuguesa de São Paulo, Milton Colontonio Junior, falar com os convidados. O palestrante tem 14 anos de experiência na área de Engenharia Biomédica com ênfase em Engenharia Clínica. Responde pelo Setor de Inteligência da Engenharia Clínica, conduzindo a Gestão de PCM, Contratos, Qualidade, Projetos de Incorporação de Tecnologias Médicas, e projetos de integração de IoT e IA, bem como desenvolvimento de Dashboards focados na Gestão Estratégica de Tecnologias Médicas.

Nos últimos anos, a Ciência de Dados vem se mostrando área de especialização promissora em nível Mundial, e em especial a área da Saúde, se transformando em um terreno fértil a ser explorado por profissionais de Engenharia Clínica. O emprego de ferramentas como IoT e IA, associados à Machine Learning, bem como tratamento de dados e uso de ferramentas de Analytics, proporcionará ganhos de eficiência operacional nunca antes imaginado dentro dos processos de gestão da Engenharia Clínica.

Em sua palestra o Engenheiro Colontonio Junior, apresentará as oportunidades e desafios para que os profissionais de Engenharia Clínica sejam protagonistas nesta transformação.

       
Publicidade

Deixe uma resposta