150 palestrantes, 8 congressos 📣 Já emitiu sua credencial para participar do HIS18? Estamos no último lote! Saiba mais →

ART IT e Logicalis trabalham juntas em solução de IoT para área da saúde

Publicidade

Solução final será capaz de rastrear amostras de exames para laboratórios de análises clínicas

A ART IT, especializada em soluções e serviços de TI, trabalhou junto com a Logicalis, empresa global de serviços e soluções em tecnologia da informação e comunicação, para entregar uma solução de rastreamento de amostras de exames a uma das maiores operadoras de telecomunicação do Brasil. O objetivo da operadora é oferecer essa plataforma para o setor de saúde, mais especificamente laboratórios de análises clínicas.

A operadora percebeu que esse setor demanda que as amostras de exames estejam seguras, que os dados dos pacientes sejam protegidos, e que os laboratórios consigam controlar facilmente as amostras, seja na coleta, na preservação ou na entrega. Assim, o primeiro passo do projeto foi construir um kit de demonstração da solução para que a operadora apresente a tecnologia aos seus potenciais clientes.

A Logicalis desenvolveu uma aplicação baseada no EUGENIO, sua plataforma de Internet das Coisas (IoT), para receber e correlacionar os dados dos tubetes conectados com os dados dos pacientes e dos médicos solicitantes, e contou com o apoio da ART IT para desenvolver toda a interface do kit de demonstração e integrá-la com o EUGENIO.

Assim, graças à aplicação da ART, é possível visualizar todas as funcionalidades que a solução futura pode oferecer aos laboratórios e demonstrar como seria o rastreamento das amostras em uma situação real.

O kit de demonstração simula o rastreamento desde o momento da coleta dos exames, passando pelo armazenamento e preparo, transporte, controle de fatores como temperatura, resíduos infecciosos e tempo de armazenamento, monitoramento das remessas até a entrega ao destinatário e, finalmente, recebimento com informações em tempo real sobre as amostras.

“Por meio da nossa aplicação, é possível simular o transporte da amostra de exame, considerando todos os fatores do processo, da variação de temperatura até o recebimento dos tubetes”, explicou Rodrigo Bizarro, Diretor de Tecnologia e Inovação da ART IT. “Dessa forma, a operadora conseguirá demonstrar com detalhes a tecnologia e aumentar suas oportunidades de negócio.”

       
Publicidade

Deixe uma resposta