This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Seminário discute reforma do sistema hospitalar brasileiro

By 29 de novembro de 2004 Mercado

Seminário discute reforma do sistema hospitalar brasileiro

By 29 de novembro de 2004 Mercado

Com objetivo de discutir o sistema hospitalar brasileiro, o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), realizam de 30 de novembro a 2 de dezembro, em São Paulo, o seminário internacional Reforma do Sistema Hospitalar Brasileiro. Durante três dias, estudiosos e autoridades do setor hospitalar do Brasil, Cuba, Espanha e França vão apresentar e discutir questões referentes a modelos de gestão, financiamento, organização, planejamento e gestão da rede. O Ministério da Saúde estima que cerca de 1,5 mil pessoas participem do seminário.
Técnicos do ministério apresentarão as ações que têm sido desenvolvidas pela pasta, tendo em vista a reforma da atenção hospitalar brasileira. Exemplos dessas ações são o Programa de Reestruturação dos Hospitais de Ensino e as Políticas para Hospitais de Pequeno Porte, Urgência e Emergência (Qualisus/Emergência e Samu/92) e Reforma Psiquiátrica. Essas políticas trabalham a melhoria da gestão, a integralidade do cuidado e a forma de alocação de recursos. Para implantar essas ações, o Ministério da Saúde investirá cerca de R$ 1,1 bilhão.
Atualmente, 6.223 hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) constam do Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde. Além da grande diversidade das instituições, a atenção hospitalar vem passando por mudanças no Brasil e no mundo.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o novo papel dos hospitais exige que essas instituições sejam ambientes para manejo de eventos agudos (casos de acidente vascular cerebral, parada cardíaca), utilizados nas situações em que existam possibilidades terapêuticas e ainda ter projeto arquitetônico compatível com suas funções e amigável a usuários. Também devem apresentar recursos tecnológicos adequados, como ter unidades de tratamento intensivo e semi-intensivo, de internação, centro cirúrgico, unidade de emergência entre outros.

Com objetivo de discutir o sistema hospitalar brasileiro, o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), realizam de 30 de novembro a 2 de dezembro, em São Paulo, o seminário internacional Reforma do Sistema Hospitalar Brasileiro. Durante três dias, estudiosos e autoridades do setor hospitalar do Brasil, Cuba, Espanha e França vão apresentar e discutir questões referentes a modelos de gestão, financiamento, organização, planejamento e gestão da rede. O Ministério da Saúde estima que cerca de 1,5 mil pessoas participem do seminário.
Técnicos do ministério apresentarão as ações que têm sido desenvolvidas pela pasta, tendo em vista a reforma da atenção hospitalar brasileira. Exemplos dessas ações são o Programa de Reestruturação dos Hospitais de Ensino e as Políticas para Hospitais de Pequeno Porte, Urgência e Emergência (Qualisus/Emergência e Samu/92) e Reforma Psiquiátrica. Essas políticas trabalham a melhoria da gestão, a integralidade do cuidado e a forma de alocação de recursos. Para implantar essas ações, o Ministério da Saúde investirá cerca de R$ 1,1 bilhão.
Atualmente, 6.223 hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) constam do Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde. Além da grande diversidade das instituições, a atenção hospitalar vem passando por mudanças no Brasil e no mundo.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o novo papel dos hospitais exige que essas instituições sejam ambientes para manejo de eventos agudos (casos de acidente vascular cerebral, parada cardíaca), utilizados nas situações em que existam possibilidades terapêuticas e ainda ter projeto arquitetônico compatível com suas funções e amigável a usuários. Também devem apresentar recursos tecnológicos adequados, como ter unidades de tratamento intensivo e semi-intensivo, de internação, centro cirúrgico, unidade de emergência entre outros.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply