This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Roche divulga novos resultados para o tratamento inicial do câncer de mama

By 7 de março de 2017 Mercado

A Roche, líder mundial em oncologia, anunciou nesta quinta-feira (2) resultados positivos provenientes do estudo de fase III APHINITY. O estudo atingiu seu desfecho primário e mostrou que o tratamento adjuvante (pós-cirurgia) com a combinação dos medicamentos Perjeta® (pertuzumabe) e Herceptin® (trastuzumabe), em comparação apenas ao uso de Herceptin® (trastuzumabe) e quimioterapia, alcançou redução estatisticamente significante do risco de recidiva (retorno da doença) ou morte (sobrevida livre de doença invasiva, sigla iDFS) em pessoas com câncer de mama HER2+ em fase inicial – um dos tipos mais agressivos da doença e que atinge cerca de 20% das pacientes

Os dados completos do estudo APHINITY serão apresentados em um próximo congresso médico em 2017 e representam um importante passo na luta contar a doença em estágio inicial. O perfil de segurança do tratamento utilizando pertuzumabe foi consistente com estudos anteriores .
“Esses resultados representam um acréscimo importante ao conjunto de dados clínicos de Perjeta® no tratamento de pessoas com este tipo agressivo de tumor de câncer de mama. O próximo passo é discutir esses resultados com as autoridades sanitárias globais”, disse Sandra Horning, Diretora Clínica Chefe e Líder de Desenvolvimento Global de Produtos da Roche.

Gunter von Minckwitz, MD, coordenador do estudo do Breast International Group e parceiro de estudos acadêmicos apontou que “O APHINITY fornece mais um exemplo da importância das colaborações entre a indústria e a comunidade acadêmica, e o valor que elas assumem nos avanços do tratamento contra o câncer ante o desafio que a doença representa.”

O câncer de mama HER2+ é uma forma agressiva da doença que atinge, aproximadamente, uma em cada cinco pessoas com câncer de mama e está associada a um prognóstico ruim, caso não seja tratado. Apesar de avanços no tratamento entre cada três pessoas tratadas com Herceptin® e quimioterapia, ao menos uma pode enfrentar um retorno do câncer. , Ainda há necessidade de novas opções de tratamento que melhorem cada vez mais os resultados em casos de doença agressiva, sobretudo para que o câncer não chegue em estágios avançados, onde a cura não é possível . A terapia adjuvante é administrada após a cirurgia com o propósito de matar quaisquer células cancerosas remanescentes, e reduzir o risco de retorno do câncer6.

A combinação de Perjeta®, Herceptin® e quimioterapia está licenciada como tratamento neoadjuvante (antes de cirurgia) destinado a pessoas com câncer de mama HER2+ em mais de 75 países no mundo todo, inclusive no Brasil, após aprovação de agências regulatórias como Anvisa, FDA (Estados Unidos) e EMA (Europa).,

Sobre o APHINITY
O APHINITY (Adjuvant Pertuzumab and Herceptin IN Initial TherapY in Breast Cancer é um estudo internacional, de fase III, randomizado, duplo-cego, controlado, com dois braços para avaliar a eficácia e a segurança de Perjeta® em combinação com Herceptin® e quimioterapia em comparação com Herceptin e quimioterapia como terapia adjuvantes em 4.805 pessoas com cancer de mama HER2+ operável.

As pessoas incluídas nesse estudo foram submetidas à cirurgia e randomizadas para um dos dois braços (1:1) para receber:
• Seis a oito ciclos de quimioterapia (regime com ou sem antraciclinas) com Perjeta e Herceptin, seguidos por Perjeta e Herceptin a cada três semanas, totalizando um ano (52 semanas) de tratamento, OU
• Seis a oito ciclos de quimioterapia (regime com ou sem antraciclinas) com placebo e Herceptin, seguidos por placebo e Herceptin a cada três semanas, totalizando um ano (52 semanas) de tratamento.

Radioterapia e/ou terapia endócrina puderam ser iniciadas ao final da quimioterapia adjuvante. O estudo APHINITY previa a possibilidade de uso de uma variedade de regimes padrão de quimioterapia. Os pacientes incluídos podiam ter linfonodos livres ou acometidos por doença O desfecho primário de eficácia do estudo APHINITY é a iDFS, que é o tempo pelo qual o paciente vive sem o retorno do câncer de mama invasivo em qualquer local ou morte por qualquer causa após o tratamento adjuvante. Os desfechos secundários incluem segurança cardíaca e geral, sobrevida global, sobrevida livre de doença e qualidade de vida relacionada à saúde.

Sobre o Perjeta® (pertuzumabe)
É um medicamento direcionado ao receptor HER2, uma proteína encontrada na superfície externa de muitas células normais e em altas quantidades na superfície externa de células cancerosas em cânceres HER2+. , Perjeta® foi desenvolvido especificamente para evitar o pareamento (ou “dimerização”) do receptor HER2 com outros receptores HER (EGFR/HER1, HER3 e HER4) na superfície das células – um processo considerado responsável por desempenhar um papel no crescimento e na sobrevivência de tumores. A ligação do Perjeta® ao HER2 pode também sinalizar ao sistema imunológico do corpo para que destrua as células cancerosas. Os mecanismos de ação do Perjeta® e do Herceptin® são considerados complementares, uma vez que ambos se ligam ao receptor HER2, mas em locais diferentes. Acredita-se que a combinação de Perjeta® e Herceptin® proporcione um bloqueio duplo mais amplo das vias de sinalização de HER, evitando assim o crescimento e a sobrevivência das células cancerosas. ,

Sobre a atuação da Roche frente ao câncer de mama HER2+
A Roche tem sido pioneira na pesquisa de vias da proteínaHER2 por mais de 30 anos e está comprometida com a melhora da saúde, da qualidade de vida e da sobrevida das pessoas com cancer HER2+ em fase inicial e avançada. O câncer de mama positivo para HER2 é uma forma particularmente agressiva da doença que aflige aproximadamente 20% dos pacientes. A Roche desenvolveu três medicamentos inovadores que ajudaram a transformar o tratamento do câncer de mama HER2+ HER2: Herceptin®, Perjeta® e Kadcyla® (trastuzumabe entansina).

A elegibilidade para o tratamento com medicamentos direcionados ao HER2 da Roche é determinada por meio de exame diagnóstico, que identifica as pessoas que provavelmente se beneficiarão desses medicamentos a partir da manifestação de suas doenças.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply