NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assine

Orygen anuncia fábrica de biossimilares de R$ 500 mi

Por 8 de setembro de 2014 Mercado

A Orygen, joint venture entre os laboratórios nacionais Biolab e Eurofarma, anunciou nesta segunda-feira (8) a instalação de uma fábrica de R$ 500 milhões para a produção de anticorpos monoclonais na cidade de São Carlos, interior paulista. O terreno de 200 mil metros quadrados depende de um projeto de lei municipal que muda a área escolhida de rural para industrial, o que deve acontecer na próxima semana, com aprovação prevista para outubro.

Anticorpos monoclonais são produzidos por células vivas. O interesse no desenvolvimento de biológicos e biossimilares no Brasil tem sido incrementado pelas possibilidades oferecidas com a expiração das patentes nos próximos anos. À medida que expiram, é possível desenvolver versões semelhantes desses biológicos, designados biossimilares.

Para a construção da fábrica, a Orygen conta com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). A estimativa é de que a planta comece a operar em 2017, com os primeiros medicamentos saindo da fábrica em 2018.

Uma vez construída, a planta produtiva da Orygen deve operar com 110 profissionais, 50 diretamente envolvidos com os processos técnicos, 28 nas linhas de produção, 20 no controle e garantia de qualidade e 12 em atividades de suporte operacional. A estimativa é de que mais de um terço de todos os profissionais serão mestres e doutores

A Investe São Paulo, agência de promoção de investimentos ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, apoiou a Orygen principalmente no contato com instituições estaduais e concessionárias de serviços públicos. Os projetos ligados à saúde são atendidos com prioridade pela agência.

Luciano Almeida, presidente da Investe SP, diz que a nacionalização dos biossimilares vai diminuir o déficit da balança comercial do setor e facilitar a disponibilidade de medicamentos importantes no SUS. A escolha da Orygen por São Carlos levou em conta os parques tecnológicos, centros de pesquisa, universidade e mão de obra voltada para a indústria farmacêutica da cidade, disse.

Para a execução do projeto a Orygen fechou uma parceria tecnológica com a Pfizer, cujo acordo de colaboração está em análise pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Após a aprovação e celebração dos convênios acessórios, a Pfizer iniciará o processo de transferência de tecnologia para a produção de até cinco anticorpos monoclonais para a Orygen, incluindo Adalimumabe, Bevacizumabe, Infliximabe, Rituximabe e Trastuzumabe, utilizados no combate a doenças como câncer e doenças autoimunes.

A Orygen é uma joint venture integrada pelas empresas sócias fundadoras, a Biolab Sanus e a Eurofarma, cada uma tendo 50% da sua composição acionária.

Portal Saúde Business

Sobre Portal Saúde Business

Deixe uma resposta