This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Ministério desmente boatos sobre ebola no Brasil

By 18 de agosto de 2014 Mercado

Com relação aos boatos que estão circulando nas redes sociais e por meio do aplicativo Whatsapp sobre ebola, o Ministério da Saúde esclarece que não há caso suspeito ou confirmado da doença no Brasil, e que o risco de transmissão para o País é considerado baixo. De acordo com os dados oficiais divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), os países acometidos pelo surto do vírus ebola são Guiné, Libéria e Serra Leoa, todos situados na África Ocidental.

O Ministério da Saúde recebe, diariamente, informações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a situação de circulação de vírus no mundo, inclusive o ebola, além de quaisquer outras situações que possam se caracterizar como emergência de saúde pública. Como a doença é transmitida pelo contato direto com sangue, secreções, órgãos e outros fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, a transmissão para outros continentes é considerada como pouco provável. A OMS não recomenda quaisquer medidas que restrinjam o comércio ou o fluxo de pessoas com os países afetados.

Controle
Joanne Lui, presidente da organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras, disse na sexta-feira (15) que deve demorar cerca de seis meses para que a epidemia seja controlada. A médica apelou ainda para que mais profissionais de saúde com experiência prática neste tipo de situação se juntem aos esforços de controlar a doença na Libéria, considerado um território chave.
Segundo ela, o cenário não é positivo, com postos de saúde superlotados e, até agora, oito profissionais de saúde mortos. A OMS, por sua vez, afirmou que o tamanho da crise pode estar sendo “muito subestimada”, e que funcionários da agência nos países afetados afirmaram que os números de casos é maior que o divulgado. A organização reiterou que são necessários “medidas extraordinárias” para conter a epidemia.
Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply