NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assine

Hilab é tema de projeto em universidade dos Estados Unidos

Por 7 de fevereiro de 2019 Mercado

A Hi Technologies, empresa de tecnologia voltada para a área de saúde, participa pela primeira vez do Pangea Advisors, divisão de consultoria da Columbia Business School. A iniciativa norte-americana tem como objetivo melhorar as condições de vida em países em desenvolvimento, permitindo que os alunos da universidade trabalhem na consultoria econômica de projetos com potencial de impacto positivo para a comunidade global. A cada semestre, o programa faz a correspondência de equipes de alunos com as empresas participantes.

O dispositivo Hilab, que revoluciona o mercado ao introduzir uma nova categoria em análises clínicas, foi o primeiro projeto brasileiro a ser escolhido nos últimos cinco anos pela consultoria. O motivo de sua escolha se deu por ser o primeiro serviço que realiza exames laboratoriais como: HIV, vírus Zika, Chikungunya, dengue, hepatite, teste de gravidez, colesterol total, HDL, hemoglobina glicada, vitamina D, glicemia, dentre outros.

Durante o projeto, a equipe completa a tarefa de consultoria aconselhando os clientes sobre práticas inovadoras e apresenta soluções para questões relevantes ao negócio. As alunas, três indianas e uma russa, apresentaram o conceito do Hilab na Índia, para entender sua aceitabilidade no país e estiveram na sede da Hi Technologies, em Curitiba, neste mês. Segundo Divyani Kothari, uma das estudantes, a experiência presencial na sede e fábrica brasileira foi essencial para conhecer como esta tecnologia tem o potencial de promover a democratização da saúde. “Entender como está inserida no contexto econômico e como pode facilitar o acesso à saúde, por meio da ciência, tecnologia e inovação, foi um fator decisivo para a compreensão das oportunidades de negócio”, disse.

Para Marcus Figueredo, CEO da Hi Technologies, ter o Hilab como objeto de estudos de uma das principais escolas de negócios do mundo é motivo de orgulho. “Para nós, foi muito importante para nos trazer perspectivas de outras culturas e mostrar que o nosso dispositivo tem aplicabilidade para diversos lugares do mundo, sendo uma possível porta de entrada para a internacionalização do Hilab”, declarou.

Atualmente, o tema do acesso à saúde pública e a sua vulnerabilidade em países em desenvolvimento foram destacados em relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dentre as 10 principais ameaças à saúde global em 2019 estão as doenças crônicas não transmissíveis, o HIV e a dengue. Casos de dengue, por exemplo, no período chuvoso vem aumentando em países como Bangladesh e Índia.

Com o objetivo de ampliar o número de pacientes que terão acesso aos exames laboratoriais rápidos e de qualidade, a Hi Technologies concentra suas energias e mira expandir sua tecnologia para o maior número de farmácias espalhadas pelo país. A empresa já possui parceria com as drogarias Araújo, Pague Menos, Panvel, Nissei e São Bento para a disponibilização do dispositivo em suas farmácias credenciadas.

Portal Saúde Business

Sobre Portal Saúde Business

Deixe uma resposta