This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

HIS19 Já conferiu os 40 primeiros palestrantes dessa edição? 🚀 Clique aqui

Hemocord inaugura unidade em Pelotas e planeja mais quatro

By 25 de fevereiro de 2013 Mercado

O Hemocord – primeiro banco gaúcho de células-tronco de cordão umbilical ? escolheu Pelotas como a sede da sua primeira Unidade de Negócios fora da capital gaúcha devido ao alto potencial econômico da região, que obteve um acréscimo de 25% sobre o volume de coletas na comparação entre 2011 e 2012.
Localizada a 250 Km de Porto Alegre e com capacidade para atender a demanda das regiões sul e sudeste, a operação da unidade inicia na próxima quarta-feira (27) para receber o público interessado em obter informações detalhadas sobre o serviço e optar pela coleta do sangue de cordão umbilical, procedimento que é feito nos hospitais por uma equipe de enfermeiros capacitados pelo Hemocord e que estão integrados à equipe que atua em Porto Alegre.
O processamento e o armazenamento do material biológico coletado continuarão sendo encaminhados ao laboratório de criopreservação, localizado na capital.
Segundo o plano de expansão da Rede Hemocord, serão mais 4 novas unidades ainda este ano. A ideia parte de um plano de metas e estratégias de mercado a serem adotadas nos próximos meses, que culmina com a implantação das Unidades de Negócios em todo o território gaúcho.
?Esse modelo irá permitir um atendimento mais próximo e personalizado aos nossos clientes”, diz, em comunicado, o diretor de operações com o mercado do Hemocord, Carlos Altnetter.
Um gestor com raízes locais
O bioquímico e pesquisador Rodrigo Proto Siqueira, que será o gestor do Hemocord Sul, reside em Pelotas, formou-se pela UCPel (Universidade Católica de Pelotas) e é um jovem empreendedor local. Com especialização em Hematologia e Terapia Celular e Pós-Doutorado pela Queen Mary University, de Londres, Rodrigo aposta no crescimento do novo investimento na área da saúde.
?Acreditamos na integração com as universidades da área de saúde e de biotecnologia de Pelotas e Rio Grande e que isso possa estreitar a relação de confiança entre as gestantes que optarem pelo armazenamento do sangue de cordão umbilical na região?, destaca o empresário gaúcho com experiências recentes em centros de pesquisa clínica de São Paulo.
Como funciona a coleta?
A coleta do sangue a partir do cordão umbilical acontece durante o parto com duração média de 3 a 5 minutos. O material é transportado, acondicionado em bolsas térmicas com monitoramento digital de temperatura e identificação detalhada até a central de armazenamento. O obstetra deve ser comunicado sobre o desejo de armazenar as células-tronco do bebê. Em caso de agendamento do parto, informar local e horário para programação da equipe do Hemocord com antecedência.
Por que guardar as células-tronco do cordão umbilical?
? É uma alternativa aos bancos de medula óssea em caso de necessidade de transplante, pois a chance de compatibilidade entre familiares é muito maior em relação a um doador sem parentesco;
? O procedimento é indolor e sem riscos para a gestante e para o bebê;
? O material biológico do cordão contém células mais jovens e com maior potencial regenerativo;
? As células-tronco do próprio bebê (autólogas) são 100% compatíveis com o organismo em caso de futuros transplantes.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply