This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

ATENÇÃO HIS19 - Virada de lote dia 1/7. Economize até R$ 160,00 ⚠️ Clique aqui

Fleury na vanguarda

By 26 de março de 2019 Destaques, Mercado

Na última sexta fomos conhecer o novo serviço do Grupo Fleury: seu Centro de Infusão. Inaugurado na Unidade Morumbi, a atividade está fora do que tradicionalmente se considera Medicina Diagnóstica, entrando em parte do tratamento, um movimento ousado de mercado com foco na integralidade do cuidado do paciente, bem como sua experiência.

Fomos recebidos por Jeane Tsutsui, diretora executiva de Negócios e Luis Eduardo Coelho Andrade, assessor médico em Imunologia e Reumatologia. Iniciamos a visita conhecendo as instalações do local, e logo seguimos para uma conversa sobre a iniciativa.

Além do extremo cuidado com a qualidade e segurança do serviço, duas propostas chamam a atenção: a entrega de um laudo com todas as informações pertinentes ao procedimento para o médico do paciente e a consideração do perfil do paciente. “Ao contrário de uma clínica, na qual o médico do paciente tem pouca supervisão sobre aquilo que acontece, no Fleury o paciente tem suporte de médicos especialistas na área, e seu médico recebe um laudo com a descrição dos cuidados da infusão, além de estar sempre em contato com a equipe. Isso dá muita tranquilidade para o profissional.”, diz Luis Eduardo. “Pensamos em todos os detalhes. Muitas vezes é um paciente que é produtivo e irá receber a medicação por um longo período de tempo” conta Jeane, se referindo à infraestrutura disponível em termos de conforto para o seu descanso ou acesso para trabalhar no local, com tablets, internet e tomadas. Tudo para minimizar o impacto do procedimento em sua vida.

Segundo ela, o Fleury encara a experiência do usuário como o atendimento real das suas necessidades, e não uma perfumaria. Pode ser que o paciente esteja passando por um momento de fragilidade ou ansiedade, e o fator humano aliado à tecnologia desempenham um papel fundamental para que ele se engaje, conheça melhor a sua saúde, e cuide dela. São um conjunto de serviços que fazem sentido para o seu momento particular, em todos os seus aspectos.

O Centro da Unidade Morumbi conta com uma farmácia e copa dedicada, e uma UTI para as reações adversas. A proposta é direcionar os casos mais complexos para a unidade em questão, e que os mais comuns possam ser distribuídos de forma capilar na rede, aproveitando as salas já preparadas de Prova de Função.

“Temos uma visão clara dos desafios do setor de saúde. Vimos uma oportunidade de oferecer serviços que são ambulatoriais para que os pacientes possam ter soluções cada vez mais completas em um mesmo local.” conta a executiva, lembrando que a área de imunologia está em evolução, em termos de novos medicamentos e possibilidades. “O paciente já nos conhece, temos o que chamamos de legitimidade de marca. Ano passado lançamos o Centro de Alergia e Imunologia, voltado para o diagnóstico, e agora ele se estende para o tratamento. É um contínuo: olhar o indivíduo de forma integrada. Uma consequência.”

Luis enfatiza que o Fleury está na vanguarda há algum tempo, não só pelas áreas de pesquisa e desenvolvimento mas também nos negócios. “Pouca gente sabe, mas o Fleury foi o primeiro laboratório que digitalizou o laudo, o primeiro do mundo a ter exames disponíveis pela internet. Há alguns anos, o Fleury decidiu fazer ECG, e foi um frisson entre os cardiologistas. Mas depois eles entenderam que o papel deles era o diagnóstico e não o exame em si. Foi uma ruptura de paradigma, e a partir daí, veio o ultrassom, raio-x, tomografia, ressonância, e hoje exames de diagnóstico por imagem estão amplamente presentes nos laboratórios.”, ele conta. Jeane completa dizendo que a proposta é, ainda, diferente de muitos países, nos quais laboratórios fazem somente Medicina Laboratorial.

A estratégia do Grupo é a de one-stop shop, onde o paciente realiza tudo que precisa em um mesmo local. Para eles, o diferencial é a empatia e acolhimento que os colaboradores têm com os pacientes. Inovação não apenas nos testes, mas nos serviços em geral, como por exemplo nos centros médicos integrados de especialidades, ou o avanço para tratamentos ambulatoriais.

Jeane conclui dizendo que há uma inquietação dos players na busca por soluções. “Hoje a saúde passa por desafios em termos de custo e adequação em sua utilização. Neste nosso posicionamento, nós já atuamos em medicina diagnóstica e podemos legitimamente estender o serviço para os pacientes. Claro, haverá aqueles que precisam de um ambiente hospitalar de maior complexidade. Queremos atuar de forma ampliada para dar soluções aos nossos pacientes.”, e quando perguntada sobre se ela acredita que outros laboratórios seguirão a tendência, ela diz, “No final todo mundo tem o mesmo objetivo. Eu acho que não existe um modelo único, existe uma combinação de modelos que façam sentido para o sistema de saúde”.

Fernanda Fortuna

About Fernanda Fortuna

Engenheira Biomédica pela Universidade Federal do ABC, Fernanda passou um ano na Escócia estudando Engenharia Mecânica. Após retornar ao Brasil, emprendeu na área de robótica e reabilitação. Apaixonada por tecnologia e saúde, hoje atua na curadoria de conteúdo para os eventos Saúde Business Fórum, Hospitalar e Healthcare Innovation Show.

Leave a Reply