This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Dasa disponibiliza coleta em domicílio do exame para o novo Coronavírus no Sudeste, Centro-oeste, Sul e Nordeste

By 2 de março de 2020 Mercado

É preciso ter indicação clínica e pedido médico para fazer o exame via Atendimento Domiciliar em todas as regiões que a Dasa atua, via os seguintes laboratórios: Alta Excelência Diagnóstica (SP e RJ), Delboni (SP), Sérgio Franco (RJ), Laboratório Exame (DF), Frischmann (PR), Santa Luzia (SC), Cerpe (PE) e Laboratório Leme (BA)

Ontem, 1º de março, a OMS declarou que a epidemia do novo Coronavírus Covid-19 já atinge 58 países, com 87.137 casos confirmados no mundo, sendo 79.968 na China. No Brasil, o Ministério da Saúde informou 252 suspeitos (em 15 estados e no DF). O Brasil tem dois casos confirmados até o momento. Até ontem, foram 2.977 mortes, sendo 2.873 na China e outras 104 em outros países. “A letalidade do Coronavírus não é considerada muito alta, mas o vírus tem rápida capacidade de contágio. Por isso, impedir a propagação é uma estratégia fundamental para evitarmos o cenário epidêmico”, explica Emerson Gasparetto, vice-presidente da área médica da Dasa.

Por isso, a Dasa, líder em medicina diagnóstica na América Latina foi pioneira em oferecer desde a última sexta-feira, 28, o serviço de Atendimento Domiciliar para coleta do exame diagnóstico do Coronavírus. “Nossos laboratórios realizam mais de 1,6 milhão de atendimentos por mês em todo o País, com grande circulação de idosos e pacientes com doenças crônicas, que são grupos de risco. A coleta apenas em unidades hospitalares e via Atendimento Domiciliar objetiva evitar a disseminação do vírus”, explica Gustavo Campana, diretor médico da Dasa. Até o momento foram realizadas 85 coletas via Atendimento Domiciliar dos cinco laboratórios da Dasa que oferecem o serviço Alta Excelência Diagnóstica (SP e RJ), Delboni (SP), Sérgio Franco (RJ), Laboratório Exame (DF) e Laboratório Leme (BA). “Em razão da confirmação de novo caso no Brasil no último sábado, 29, ampliamos a disponibilização do exame em domicílio também no Sul em Curitiba – PR, no Laboratório Frischmann e Florianópolis – SC, no Laboratório Santa Luzia; além do Nordeste em Recife – PE, no Laboratório Cerpe.

Vale reforçar que o exame não é indicado para toda a população. “O paciente precisa ter pedido médico e apresentar critérios clínicos”, explica Alberto Chebabo, infectologista da Dasa. Ele indica que os principais critérios são: febre acompanhada de sintomas respiratórios (tosse, espirros, aperto no peito, dificuldade para respirar, falta de ar),  ter viajado para países com a epidemia instalada, como a China (nos 14 dias anteriores, período de incubação do vírus) ou ter tido contato com um caso suspeito ou confirmado do novo coronavírus.

Experiência em resposta rápida, em larga escala

A OMS declarou que o Brasil já demonstrou, em outras epidemias, “a capacidade de resposta em larga escala”. A própria Dasa já desenvolveu e validou testes diagnósticos de forma rápida e precisa, outras vezes. “Foi assim com a epidemia de febre amarela, em 2017/2018, e com o Zika vírus, em 2015/2016, ambos com ótimas avaliações nos programas internacionais de controle de qualidade”, explica Gasparetto.

A validação do exame da Dasa foi por meio de parceria com o Instituto de Medicina Tropical da USP e usa tecnologia de PCR em tempo real – a mesma utilizada pelos centros de referência com avaliação de dois genes. Como é política de saúde pública, se a Dasa (ou qualquer laboratório) fizer teste positivo, tem que seguir o procedimento de notificar o Ministério da Saúde e mandar a contraprova para laboratórios de referência (Fiocruz/Adolfo Lutz).

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.