This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Cresce a procura por telemedicina em todo o país

By 22 de abril de 2020 Mercado

Demandas por empresas e planos de Saúde aumentaram em 1.000% após a regulamentação e diante do avanço do Coronavírus

Com a sanção da lei de teleatendimento médico durante o período de pandemia do Coronavírus, empresas e profissionais de saúde oficializaram seus protocolos para acompanhar, consultar e até tratar pacientes a distância, em casa. E várias operadoras de planos de saúde já buscam contratar o serviço para oferecer a seus beneficiários.

A Saúde Concierge, startup que atua no acompanhamento de mais de 10 mil vidas em todo o país, ampliou o serviço de orientação por telefone e visitas domiciliares que já oferecia para seus clientes e criou, em tempo recorde, um novo serviço chamado TeleSaúde. Durante o período de quarentena, a empresa viu a demanda crescer 1.000% para essa nova modalidade.

Na TeleSaúde, é feita uma triagem por profissionais da saúde da empresa, que classificam os pacientes de acordo com a necessidade e a complexidade de seus casos. Para questões consideradas leves, sem patologias graves, chamadas telefônicas conduzidas por enfermeiros orientam e tiram dúvidas sobre procedimentos previamente receitados, ou diante de relatos de novas condições clínicas.

Para os casos mais complexos, é realizado um agendamento de consulta virtual, onde o médico clínico ou geriatra interage com o paciente por meio de vídeo chamada, feita dentro da plataforma tecnológica própria da empresa. Ainda neste modelo, quando necessário, um enfermeiro ou outro médico podem acompanhar a consulta, de forma presencial na casa do paciente, para auxiliar o médico do vídeo na anamnese.

“O acompanhamento e a consulta virtual tornaram-se estratégicos e absolutamente necessários para evitar visitas desnecessárias a hospitais em tempos de epidemia, como a que estamos vivendo. Eles oferecem todo o suporte para que uma pessoa não precise ir a um serviço de saúde, especialmente nesse momento em que é preciso manter o máximo de indivíduos em casa, porém sob supervisão médica. Esse é um grande benefício da regulamentação da telemedicina, que veio em excelente hora e que esperamos que seja um legado positivo dessa crise”, comenta Tatiana Giatti, diretora executiva da Saúde Concierge.

Com a implantação do serviço, a empresa vem realizando cerca de 300 atendimentos por dia. Antes da pandemia, e da regulamentação, eram em média 40 orientações telefônicas por dia.

Tecnologia e Logística

O sistema próprio da empresa possibilita que o médico se conecte por vídeo e converse com o atendido como em uma consulta presencial. “Os médicos já passaram por treinamentos para utilizar a nossa plataforma, que possui muitos recursos importantes. E os pacientes, à medida em que fazemos os agendamentos das consultas, também recebem todas as instruções sobre como usar a plataforma”, explica Tatiane Farah, diretora operacional e enfermeira responsável pelos contatos.

A plataforma TeleSaúde da empresa permite colher a assinatura digital do paciente ou responsável, para garantir a confiabilidade das informações, como exigido pela lei, bem como gravar toda a consulta, além de outros recursos. “O material é de acesso do paciente, ou seja, ele ganha seu prontuário eletrônico”, conclui a enfermeira.

A empresa também implantou um serviço de logística para levar aos pacientes consultados virtualmente as prescrições médicas ou pedidos de exames quando há necessidade de um documento físico, seguindo o veto do presidente Jair Bolsonaro que invalida receitas digitais. Um serviço de entregas é acionado para levar a prescrição de medicamento de uso controlado ou do exame solicitado. Também há um estudo para que a Saúde Concierge possa entregar o remédio na casa do paciente.

Para adequar a tecnologia já existente e implantar a nova logística, a Saúde Concierge investiu cerca de R$400 mil no projeto, de fevereiro a abril.

O serviço TeleSaúde já está sendo aplicado em 2500 pacientes em internação domiciliar, e deve estar disponível para todos os demais pacientes acompanhados pela Saúde Concierge. Além disso, a empresa está personalizando a sua proposta para ampliar o trabalho e atender novas demandas de operadoras de saúde que já buscam a solução em empresas com expertise e plataforma tecnológica para o atendimento a distância.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.